Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Na reta final, planos para a corrida dos sonhos

Embora apaixonada por esportes desde pequena, a prática da corrida é relativamente nova na vida de Carla Giorgi, empresária da área de moda de 42 anos. Apesar do começo totalmente por acaso, há quatro anos, a hoje corredora inveterada já realizou o sonho de muitos esportistas ao participar de algumas das mais famosas e charmosas corridas do mundo, como as maratonas de Praga e Chicago, nada menos que suas duas primeiras provas de longa distância.

Carla tem outro motivo para deixar muitos corredores com inveja. Ela está muito próxima de ser considerada campeã do Desafio Nike Cartel Endorfina, uma disputa paralela que está sendo realizada entre os fundadores do grupo de corrida da marca esportiva para os loucos pelo esporte, e o prêmio é nada menos que uma viagem para correr em qualquer parte do mundo que escolher. A última disputa será a corrida Nike 10k neste domingo (11/11), onde Carla correrá com a camisa amarela de líder.

E os planos de Carla já estão sendo traçados e são nada comuns. “Penso em escolher entre a Maratona da Antartida ou na Muralha da China”, diz. A liderança foi assumida na segunda disputa, no Jóquei Clube de São Paulo e desde então a corredora tem levado sério a disputa entre o pequeno grupo de apaixonados pela corrida. “Na hora da prova em si tenho muita gana, fico concentrada totalmente na corrida”, diz.

A atual paixão surpreende até mesmo a própria Carla, que conta rindo como começou na corrida. “Tenho dois filhos e levava os dois para praticarem algum esporte no clube, no tempo que eles ficavam lá comecei a correr para me entreter, nada mais do que 30 minutos. Nesta época nem pensava em participar de competição, apenas aproveitava o que seria um tempo ocioso fazendo alguma atividade física”, relembra, e acrescenta que hoje seus dois filhos, Maria Silvia e João Felipe, de 12 e 8 anos respectivamente, são seus grandes incentivadores.

Mas essa intenção durou pouco. “Fui pegando gosto e quando me dei conta já estava acordando antes de todo mundo na família para poder correr e deixava de viajar nos finais de semana para participar de provas”, conta. Apesar da paixão inesperada pela corrida, Carla sempre teve uma relação estreita com esportes, como natação e ciclismo. “Eu praticava, mas fazia tudo muito mal feito”, diz rindo.

A Corrida também mudou esta parte da vida de Carla, que ao passar a se dedicar com mais afinco aos treinos pensou que poderia resgatar também o interesse pelos outros dois esportes. Nascia assim uma triatleta amadora. Também em um curto espaço de tempo, Carla passou a se dedicar a treinos mais puxados e conseguiu completar recentemente uma das mais difíceis provas para um triatleta, o Ironman, que no Brasil é disputado em Florianópolis, com 3,9 km de natação, 180 km de ciclismo e 42,1 km.

Hoje o grande prazer de Carla é participar de provas e também acompanhar o desenvolvimento esportivo de seus filhos, que fazem natação, tênis e judô, e quem sabem, muito em breve, eles possam acompanhá-la nas corridas que tanto adora.

Classificação após o quarto desafio Nike Cartel Endorfina

Feminino
1- Carla Giorgi, 53 pontos
2- Renata Bittar, 36 pontos
3- Daniela Friso, 36 pontos
4- Thelma Filipovitch, 32 pontos
5- Lígia Nerici, 27 pontos

Masculino
1- Diogo Nebias, 46 pontos
2- Luís Wanderlei Tavares, 37 pontos
3- Marcelo Apovian, 36 pontos
4- Gustavo Albuquerque, 27 pontos
5- Eduardo Fernandes, 26 pontos

 

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!