Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

PRICE, o plano de ação para tratar lesões

PRICE, o plano de ação para tratar lesões

A origem das lesões, seja devido a uma torção articular, a uma contratura muscular (a chamada “fisgada”) ou até mesmo a uma queda com trauma direto na região, exige tratamento imediato adequado para um retorno mais breve às atividades físicas.

Mas o que deve ser feito? Na medicina esportiva, utilizamos um protocolo chamado PRICE. Cada uma das letras significa um procedimento que você deve fazer para iniciar rapidamente o tratamento da sua lesão, de preferência já no local do trauma.

 

PRICE contra lesões: o significado das siglas

P de protection (proteção): de imediato, você deve proteger a região lesionada, seja com um imobilizador ou uma órtese. O principal objetivo aqui é uma nova lesão que pode piorar a situação da primeira.

R de rest (descanso): nada de tentar continuar seu treino, mesmo que ele seja fundamental. O mais importante é que a sua recuperação seja o mais breve possível. Se a lesão ocorrer no membros inferiores, o ideal é ter um auxílio de muletas para não prejudicar ainda mais o local ferido. Descanse logo após o trauma e pelo tempo orientado pelo médico e fisioterapeuta.

I de ice (gelo): a aplicação de gelo no local da lesão ajudará o controle do processo inflamatório, gerando menos dor e desconforto nos próximos dias. O ideal seria colocar o gelo dentro de um saco plástico, de modo que a região lesionada fique resfriada por 15 a 20 minutos. Se começarem a aparecer aquelas lesões vermelhas, de queimadura térmica (pelo frio, no caso), coloque uma toalha fina entre a pele e o saco plástico.

C de compression (compressão): envolver faixas elásticas e ataduras no local diminui a possibilidade de formação de um edema. Porém, se houver queixa de piora da dor no local ou sensação de pulsação, essa bandagem deve ser afrouxada. Para você que faz atividade física, sempre tenha faixas elásticas no seu kit de primeiros socorros.

E de elevation (elevação): a elevação do membro lesionado facilita o retorno venoso, reduzindo o edema. Se a lesão ocorrer nos membros superiores, uma tipoia ajuda bastante — lembrando que a região acometida deve ficar acima do nível do coração. Se for nas partes inferiores, deite-se no chão e coloque algum apoio sob as pernas.

 

Leia mais

Dor muscular tardia: anti-inflamatórios ajudam?

O que são macronutrientes e micronutrientes?

Lesões da corrida: respondendo dúvidas dos leitores

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Fellipe Savioli

Triatleta amador, Fellipe Savioli é médico pós-graduado em medicina esportiva pela UNIFESP – Universidade Federal de São Paulo (SP), pós-graduado em nutrologia pela ABRA – Associaç... VEJA MAIS

Compartilhe por email!