Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Tudo novo de novo: como retomar os treinos após as férias

Foto: shutterstock

O ano pode ser novo, mas alguns hábitos seguem velhos, como, por exemplo, o costume de tirar uns dias de descanso durante o período de festas. O problema é que com tantas celebrações fica muito mais fácil sair da rotina e diminuir – ou até mesmo parar – os treinos de corrida. Além disso, é um momento em que se aumenta consideravelmente a ingestão de comidas calóricas e bebidas alcoólicas. Contudo, uma hora a farra acaba e é preciso retomar os treinos.

Depois de um período de 15 dias ou mais sem praticar a corrida, o corpo já não terá mais o mesmo condicionamento de antes, mas cada indivíduo terá um tempo específico para voltar a cem por cento da sua capacidade.

“Os efeitos que o corpo sofre ficando parado ou quanto tempo vai demorar a voltar ao ritmo de antes depende muito de cada pessoa. Por exemplo, alguém que treina há mais de 10 anos, se ficar sem treino por 15 dias, não é tão afetado com essa pausa e para retornar também é muito mais rápido. Em duas semanas, basicamente, já dá para voltar a fazer o que já vinha fazendo. Se é uma pessoa que se tornou corredor recentemente, que fez algumas provas de 5 km e 10 km ao longo de 2018, aí pesa um pouquinho mais e a estabilização leva em média de 4 a 6 semanas”, explica o treinador Júlio Dotti.

 

Leia mais

5 dicas de treino para iniciantes na corrida

8 dicas para manter a motivação para treinar sempre

É hora de mudar? Benefícios de variar o treino de corrida

 

Volte aos treinos, mas vá com calma

De acordo com Júlio, o ideal mesmo é voltar ao poucos. O primeiro passo é encaixar o treino à rotina, entender em qual período as corridas acontecerão, de manhã, a tarde ou à noite, e então começar. Só depois da adaptação, é recomendado voltar ao ritmo convencional. Voltar aos poucos também é essencial para evitar lesões.

“Geralmente no pós-férias a pessoa está descansada e isso faz com que nos primeiros treinos tudo pareça muito fácil de fazer. A sensação que se tem é que se pode correr uma distância maior ou mais rápido, mas o recomendado é dar uma segurada porque é muito comum sentir-se bem, ir além da capacidade e se machucar”, pontua.

Ainda segundo o educador físico, o descanso também é importante para o organismo, então nada de sentir culpar por ter parado por alguns dias. Depois de recomeçar, é importante definir um planejamento para o ano e manter a regularidade nos treinos.

Tenha uma prova-alvo

Um bom jeito de manter a motivação nas primeiras semanas de retomada aos treinos é escolher uma prova para correr. Com um objetivo claro no calendário e, em alguns casos, uma meta de tempo, fica mais fácil combater a preguiça.

Circuito do Sol, por exemplo, ocorre dia 20 de janeiro em São Paulo. Com o mote “um novo Sol nasce para todos os corredores iluminando um novo ano, uma nova jornada e esquentando os motores para novas metas e desafios”, a prova inaugura o calendário anual de corridas de rua de São Paulo e Rio de Janeiro.

Para os cariocas, o Circuito ocorre um pouquinho depois, em 17 de fevereiro. As provas, com distâncias de 5 km e 10 km, são marcadas pelo característico clima quente da época.

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Clube O2

Escolha seu Óculos HB + 6 MESES Grátis de Clube O2!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!