Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Burpees: você sabe como surgiu esse movimento?

Até pouco tempo atrás, o movimento “burpee” era uma palavra estranha para a maioria das pessoas. No jiu-jitsu, ele é conhecido como suicídio. No entanto, com a popularização do treino funcional, os burpees se tornam cada vez mais populares. Até os corredores da Bravus Race já aprenderam o que é um burpee, afinal, essa é a “punição” para quem não consegue superar os desafio da corrida de obstáculos.

Para os que ainda não conhecem os burpees, vamos explicar. Comece de pé, agache-se, coloque as mão no chão, jogue o peso para suas mãos, lance os pés para trás como se fizesse uma prancha e toque todo o corpo no chão. Em seguida, volte fazendo uma flexão de braço, traga os pés próximos das mãos e levante-se para dar um salto batendo as mãos no alto.

Essa é apenas uma repetição. Faça alguns burpees em sequência e sinta sua frequência cardíaca acelerar, ativando os principais grupos musculares.

O burpee faz parte de muitos treinos desafiadores, como os de crossfit, jiu-jitsu e triathlon. Até mesmo os atletas mais condicionados sofrem com o movimento. No entanto, ele é muito eficaz para quem quer adquirir força, resistência e coordenação.

O americando Royal H. Burpee foi o inventor do movimento. Ele criou o exercício como a peça central de sua tese de doutorado em Fisiologia Aplicada em 1939, na Universidade de Columbia.

Existem várias versões do burpee. Uma rápida pesquisa leva a vídeos de burpee back flips (um burpee com um back flip no final), burpee mile (correr 1,6km fazendo burpees) e os treinos que combinam burpees e outros movimentos como deadlifts e overhead, entre outros.

Alguns boxes de crossfit usam o burpee como castigo para quem não segue as regras do local. Se um aluno não guardar os equipamentos ou chegar atrasado à aula, terá que pagar burpees.

Um box de crossfit ainda adotou o burpee em um jogo de bebida. Os participantes competem uns contra os outros para beber uma cerveja e completar 30 burpees. Para beber a cerveja, deve-se esperar 1 minuto a partir do último burpee.

 

Leia mais

Como o crossfit ajuda na luta contra a obesidade

CrossFit Games: Open começa durante o carnaval

Desafio Crossfit: e aí, quantos burpees você faz em um minuto?

 

No final dos anos 30, em um momento em que a ciência do exercício ainda engatinhava avaliando pessoa comuns e não atléticas, Royal H. Burpee criou o movimento pensando em encontrar uma maneira rápida e simples de avaliar o nível de aptidão física de uma pessoa.

Isso ainda não era de interesse para a maioria dos fisiologistas, o que fez dele um pioneiro na avaliação física. Como diretor executivo da ACM de Nova York, ele estava interessado em encontrar uma maneira de medir rapidamente os níveis de aptidão dos novos alunos.

O que torna o movimento tão singular e exigente? De acordo com o livro de Burpee, é a mudança rápida da posição vertical para a posição horizontal. Na posição horizontal, a capacidade do coração de bombear o sangue para os músculos é mais eficaz. O teste media a frequência cardíaca de repouso do aluno em pé e depois a mudança na frequência cardíaca de repouso do mesmo aluno deitado. Depois, media-se a frequência cardíaca após 4 burpees.

Logo após a publicação do doutorado, os Estados Unidos entraram na Segunda Guerra Mundial e o Exército e a Marinha precisavam de uma maneira simples e rápida de avaliar a aptidão física dos novos recrutas. Eles adotaram o burpee como padrão. Eram feitos dois testes: o primeiro com 20 segundos de burpee e o segundo, com 60 segundos. Os mais condicionados eram os que conseguiam maior número de repetições.

O primeiro WOD do Open de 2012 do CrossFit Games, o 12.1, consistia em 7 minutos de burpees. Os melhores resultados variaram entre 120 e 150 repetições.

Fonte: DNAinfo

Calendário

Encontre um evento perto de você!

Compartilhe por email!