Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

2016: devemos buscar aprimorar os movimentos

2016: devemos buscar aprimorar os movimentos

E depois de duas semanas atípicas para todos por causa dos feriados de final de ano, finalmente estamos voltando ao “normal” – principalmente em relação aos treinos e rotinas. Só que todo começo de ano vem também com diferentes resoluções e metas….

Nós sempre temos algo novo para fazer como aprimorar os movimentos técnicos ou uma capacidade física (como velocidade, força ou resistência). Assim, sempre fica na nossa cabeça o que fazer primeiro.

Não se assuste. É praticamente impossível termos apenas um ponto para focar – afinal, nosso corpo é multitarefa e treinamos muitas coisas ao mesmo tempo. Aliás, isso que torna este tipo de treino ainda mais interessante: não estamos apenas aprendendo algo novo, como também sempre queremos evoluir mais um pouco em relação ao nosso nível atual de condicionamento e força.

A boa notícia para isso é que justamente NÃO DEVEMOS pensar apenas em um objetivo por um determinado tempo. Além de poder causar lesões por esforço repetitivo, pode levantar uma barreira de aprendizagem devido à constante tentativa de se usar sempre os mesmo métodos. A consequência disso é a frustração de se achar que não pode aprender aquele movimento – e, pior ainda, o foco muito fechado pode causar uma queda em outros parâmetros.

Então não devemos estabelecer metas? Claro que sim! Porém elas não precisam estar uma depois da outra. Acho, sim, que em alguns momentos, o melhor a se fazer é atacar em diferentes frentes. Dessa maneira, a chance de você estar sempre evoluindo em alguma coisa é maior e, assim, aquela sensação de dever cumprido pode estar presente na sua vida mais vezes do que você imagina.

Fora isso, aprimorar os movimentos ou a capacidades acaba ajudando em outra barreira que você tinha, uma vez que os movimentos humanos são conjugados e seguem alguns padrões de movimento que podem se completar, ou possuírem uma transferência para outros movimentos que antes você não entendia ou simplesmente não conseguia executar.

Então comece 2016 com algumas metas alcançáveis para o seu nível atual, corra atrás de suas fraquezas, peça dicas aos seus treinadores e divirta-se com o processo de aprendizagem. Afinal, esse é um dos melhores fatores para manter tentando algo impossível: a diversão.

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Joel Fridman

Formado em Esporte pela USP e pós-graduado em Exercício para 3ª idade pela Faculdade de Medicina da USP. É personal trainer desde 2000. Foi atleta de levantamento de peso olímpico por v... VEJA MAIS

Compartilhe por email!