Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

6 dicas para melhorar a saúde no novo ano

6 dicas para melhorar a saúde no novo ano

O início do ano é excelente para firmar resoluções. Melhorar a saúde deve fazer parte de sua lista.

Veja como ser mais saudável e com poucas atitudes para ter mais resultado nos treinos e provas.

1) Fuja do sedentarismo

Em uma avaliação feita pelo Hospital Albert Einstein em 2011, 7.000 executivos apresentaram resultados preocupantes.

Com 43% apresentando sobrepeso, 55,3% com circunferência abdominal aumentada, sinal de risco de síndrome simbólica que engloba diabetes, colesterol alto e hipertensão.

Todas essas doenças que estão totalmente relacionadas com o sedentarismo. Por isso, inclua o máximo de movimento possível em sua rotina e, dessa forma, melhorar a saúde.

Para se manter saudável, a OMS recomenda 150 minutos de atividade moderada ou 75 minutos de exercícios físicos durante a semana.

A corrida é uma grande aliada da saúde e você pode ver todos os seus benefícios aqui.

2) Siga uma alimentação equilibrada

A orientação é  não pular o café da manhã, priorizar um cardápio leve e não ficar muito tempo sem comer ( a janela das três horas é um bom referencial).

Se o dia for corrido, faça uma refeição mais rápida (embora não seja o ideal), nem que seja uma salada.

O importante é não sentir fraqueza, indisposição e sonolência, sintomas de fome oculta que é uma síndrome cada vez mais comum no dia a dia de todos e mais ainda no mundo corporativo.

Aprenda a comer melhor com estas dicas.

3 – Faça uma pausa para respirar

De acordo com a Internacional Stress Management Association no Brasil (Isma-Br), que ouviu 1.000 pessoas em cargos de gestão em 2015, 89% desses profissionais relatam quadro de ansiedade.

Especialistas recomendam puxar o ar profundamente pelo nariz nos momentos de pressão, inflando a barriga como se fosse um balão e ir soltando o ar lentamente. 

A técnica aumenta o fluxo sanguíneo na área do cérebro associada ao controle emocional.

Outro caminho para a melhorar a saúde nesse aspecto é ser grato e fazer trabalhos voluntários ou se dedicar a um hobby com frequência.

4 – Priorize a qualidade do sono

Reduzir o descanso para suprir as demandas é um perigo. As noites mal dormidas diminuem a concentração e dificultam as tomadas de decisões, obrigando a um ritmo ainda mais intenso de trabalho.

Para escapar desse ciclo, evite comidas pesadas e bebidas alcoólicas ou estimulantes algumas horas antes de ir para a cama. E aprenda a se desconectar dos eletrônicos.

5 – Administre seu tempo

Não estabelecer limites, ficar disponível para o trabalho — inclusive no fim de semana — e exigir o mesmo dos subordinados, tem seu preço.

Elevando a ansiedade, aumentando as chances de desenvolver doenças. O exercício físico melhora a qualidade do sono (Stanford, 2011).

6 – O pouco que já faz a diferença

Reitero o primeiro ponto: estar ativo traz benefícios significativos, como atenuar as ameaças para doenças (Bouchard, C. 2004), aumentar o gasto calórico diário que vai ajudar na perda de peso além de aumentar a disposição e melhorar a produtividade. Resumindo, tudo ficará mais fácil.

 

Leia mais

Aprenda a calcular o pace e melhore sua corrida

VO2 máximo: o que é e como pode ajudar os atletas

O que fazer para recuperar o corpo pós-treino

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Adriano Cunha

Fundador do Grupo Upper Life (www.grupoupperlife.com), formou-se em Educação Física e atuou como personal trainer e em cargos de liderança por oiyo anos no Instituto Levitas. Além disso... VEJA MAIS

Compartilhe por email!