Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Asics Noosa Tri – É para triathlon ou não?

Asics Noosa Tri – É para triathlon ou não?

Um dos modelos mais vendidos da Asics, senão o mais vendido da atualidade, o Gel Noosa Tri é para muitos corredores e triatletas um modelo específico para a prática do triathlon em decorrência da sua nomenclatura “Tri”. Considerando as especificações técnicas desse tênis, o Asics Noosa Tri não tem qualquer característica de um modelo para a prática de triathlon.

A história se inicia no começo dos anos 2000 com um modelo da Asics chamado Gel Bondi, que apresentava um cabedal multicolorido como é o Noosa Tri. Em seguida, a marca japonesa lançou um novo modelo em substituição ao Bondi, chamado de Gel “Forster Tri”, também com um cabedal multicolorido e cores fluorescentes. Forster é nome de uma praia australiana onde por muitos anos ocorreu uma das provas de Ironman. Por isso o nome dado ao tênis.

Após os organizadores da prova mudarem a competição para Port Macquaire, também na Austrália, o pessoal da Asics entendeu que seria complicado manter o Forster Tri, já que a prova não aconteceria mais naquele local, e soaria estranho lançar um novo modelo chamado Gel Port Macquaire, nome considerado muito extenso.

Era 2005, e a Asics Australia assinou naquela época uma parceria de patrocínio com o Noosa Triathlon Event, uma das provas de triathlon mais antigas e prestigiadas da Austrália. Surgia então o Asics Noosa Tri, uma homenagem à competição.

Tive (na minha avaliação) os dois melhores Noosa Tri já produzidos pela Asics, sendo a 2ª edição, que comprei no fim de 2006, e o Noosa 25th (edição comemorativa da tradicional competição de triathlon australiana), ao final de 2008. Nas edições seguintes, achei o tênis muito mais “fashion” do que técnico. A cada edição o modelo se tornou mais rígido, pesado e menos flexível.

É indiscutível que ele continua sendo um modelo muito bonito, mas, como explica a história acima, nunca foi específico para o triathlon. Até porque se considerarmos os triatletas profissionais patrocinados pela marca ao redor do mundo, eu não me recordo de nenhum competir em uma prova de triathlon com o Asics Noosa Tri.

Aqui no Brasil, a 11ª edição será lançada, porém com poucas mudanças técnicas de destaque positivo. Ainda assim continuará sendo um tênis que continuará atraindo a atenção de corredores e triatletas, principalmente em virtude do seu visual.

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Rodrigo Roehniss

Graduado em Administração de Empresas com MBA em Gestão em Marketing Esportivo, Rodrigo Roehniss é especialista em tênis de corrida, além de prestar consultoria sobre o universo de pro... VEJA MAIS

Compartilhe por email!