Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Correr incomoda

Correr incomoda

Todos nós, corredores, queremos evoluir na corrida, correto? Alguns pretendem ir mais longe, outros querem ir mais rápido e tem aqueles que só desejam correr sem lesões para poder correr para sempre.

Se você não deseja tudo ou algo que descrevi acima, talvez não tenha sido picado pelo “bichinho da corrida” ainda.

Olha! Correr de forma planejada e usar a técnica correta nos tira da zona de conforto, especialmente quando somos consistentes!

E, estar fora da zona de conforto na corrida para atingirmos os nossos sonhos e objetivos é realmente um grande incômodo.

Incomoda porque requer disciplina para inserir a corrida, o fortalecimento, o alongamento e a boa alimentação em nossa rotina diária como um compromisso e não como algo que fazemos quando possível.

Incomoda porque os treinos de tiro normalmente nos deixam ofegantes e desgastados.

Incomoda porque os treinos longos são cansativos, requerem uma organização e nos privam de momentos sociais.

E qual é a grande lição que tiramos de todos esses incômodos?

O que não nos incomoda, nos acomoda!

Deixar de correr por causa do frio nos acomoda. Não planejar e não inserir a corrida como compromisso em nossa rotina nos acomoda.

Descuidar constantemente da alimentação nos acomoda. Não fortalecer e alongar por causa das academias fechadas durante a pandemia nos acomoda. Usar a função soneca ao amanhecer nos acomoda.

Dizer que alguma dor nos impede de correr, mas não tratá-la nos conforta e acomoda.

Por tudo isso, compreende que é fora da nossa zona de conforto que evoluímos? Entende que é fundamental agirmos diante daquilo que nos incomoda para não nos acomodarmos?

Leia mais

Você vai parar de correr porque não tem provas?

Por fim, 2020 não é um ano perdido como muitos especialistas dizem. Não existe ano perdido, o que há é tempo perdido!

Está em nossas mãos não nos acomodarmos!

Estamos limitados nesse momento de pandemia, mas somos ilimitados!

Se incomode, aja, persista e verá que a motivação virá depois da ação, e não o contrário.

Vamos em frente, corredor!

Sejamos exemplo de consistência e superação para esse mundo que tanto precisa da nossa boa vibração.

Boas ações e corridas!

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Saulo Arruda

Em 1999, uma crise de pressão alta fez com que Saulo Arruda buscasse a redução de peso através da corrida. Em 2011, sofreu um acidente na coluna e os médicos diziam que ele não correri... VEJA MAIS

Compartilhe por email!