Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Correr no frio: saiba se proteger para evitar lesões

Correr no frio: saiba se proteger para evitar lesões

O outono chegou com tudo e já começou a derrubar as temperaturas. Há quem goste de correr no frio, mas nem todo mundo é assim. Dias frios e cinzentos costumam ser desanimadores para a prática de caminhada e corrida ao ar livre, mas com algumas dicas é possível manter o ritmo e se proteger de resfriados e da hipotermia.

Antes de tudo, tenha uma atenção especial com o aquecimento. É nessa fase que ocorre a preparação dos músculos, tendões, ligamentos e articulações. A elevação da temperatura corporal é muito importante porque diminui significativamente a chance de lesões. Portanto, não pule essa parte do treino nunca, especialmente nos dias frios.

Um dos riscos de não se preparar bem antes da prática de exercícios físicos é a hipotermia, quando a temperatura central do corpo está abaixo de aproximadamente 35º C. Para reduzir esse risco, evite usar roupas molhadas para correr no frio, pois elas vão baixar a temperatura do seu corpo e podem afetar toda a rotina de treinos.

É mais difícil começar um exercício físico em baixas temperaturas, mas depois de um período de adaptação do corpo às novas temperaturas, os incômodos diminuem.

Os treinos específicos de corrida, como os educativos, após um pequeno estímulo aeróbio, podem ser também uma estratégia complementar interessante na fase do aquecimento.

Leia mais

Correr em altas temperaturas é saudável?

A corrida e o descanso: saiba equilibrar

A corrida é para todos?

Já o alongamento não é recomendado antes do exercício físico, porque em baixas temperaturas os músculos ficam em uma contração mínima, mesmo que muitas vezes sutil. Nesse cenário, um estímulo de flexibilidade na musculatura pode causar lesões no praticante.

A alimentação e a hidratação corretas também têm uma importante atuação para quem quer correr no frio. Afinal, o organismo precisa de nutrientes e substratos energéticos independentemente do ambiente.

Se estiver muito frio, você precisará adequar suas roupas. O manejo adequado de acessórios como luvas, gorro, calça térmica ou uma camiseta de manga longa é necessário, já que eles mantêm o calor e evitam o resfriamento das extremidades.

No entanto, caso você se sinta muito incomodado com roupa demais, tenha sempre à mão uma camiseta ou um casaco extra para vestir logo depois de correr no frio, evitando, assim, a hipotermia.

Agora que você já sabe o que fazer, chega de inventar desculpas para você mesmo. Levante do sofá e vá lá se exercitar, mesmo que esteja frio. Bons treinos!

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Adriano Cunha

Fundador do Grupo Upper Life (www.grupoupperlife.com), formou-se em Educação Física e atuou como personal trainer e em cargos de liderança por oiyo anos no Instituto Levitas. Além disso... VEJA MAIS

Compartilhe por email!