Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

A corrida é uma importante aliada para o sono

A corrida é uma importante aliada para o sono

Você não consegue dormir rapidamente e fica horas rolando de um lado para o outro na cama? Acorda no meio da madrugada e já perdeu as contas de quantas noites não foram de total descanso? Então comece a correr atrás de um sono de melhor qualidade.

O sono é muito importante, afinal, passamos um terço de nossos dias dormindo para que as energias gastas sejam recuperadas e possamos suportar as atividades diárias. Nada como ter uma bela noite de sono e acordar bem disposto no dia seguinte.

Trabalhos científicos (Hirshkowitz, 2012) mostraram que a corrida é um potente aliado para a melhora das condições de sono. Pode-se afirmar que existem benefícios fisiológicos adquiridos com a prática regular da corrida que contribuirão para que a noite de sono seja mais tranquila e repousante.

Com essa noite repousante, você não terá mais sonolência durante o dia, terá mais disposição, terá melhora da auto-estima, além de benefícios para pulmões, coração, ossos, cabeça, pressão arterial, peso, colesterol, rins, articulações, músculos e combate ao estresse. Como você pode perceber, é uma sucessão de benefícios que irão proporcionar uma vida mais saudável.

 

Leia mais

Correr no frio: saiba se proteger para evitar lesões

Como voltar aos treinos após um longo período parado

A corrida e o descanso: saiba equilibrar

 

Durante o sono, nosso organismo estimula o hormônio do crescimento (GH), combate os radicais livres (com a carga de treinamento na dose correta), promove uma limpeza interna e restaura a consolidação da memória (processando as informações que recebemos ao longo do dia).

Além disso, é nesse período de descanso que o organismo aprimora a capacidade mental e as conexões entre os neurônios ficam mais eficientes em comparação às conexões neurológicas em uma pessoa sedentária (Bezerra, 2010).

Em um passado recente, fiz um trabalho no Canadá com um grupo de brasileiros e a mensagem final foi: “quando você treina, a velocidade de transmissão entre os seus neurônios é similar a um cabo de fibra ótica. E quando você é sedentário, a velocidade de transmissão entre os seus neurônios é similar à internet discada”.

Depois de todas essas informações, qual será a sua opção?

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Adriano Cunha

Fundador e CEO da Upper Run (www.upperrun.com.br), formou-se em Educação Física e atuou como personal trainer e em cargos de liderança por 8 anos no Instituto Levitas. Além disso, traba... VEJA MAIS

Compartilhe por email!