Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

A corrida como prevenção ao câncer

A corrida como prevenção ao câncer

A palavra câncer sempre causou arrepios e, ao mesmo tempo, desperta dúvidas sobre as ações que podemos tomar para evitar esta temida doença. A boa notícia é que a corrida pode ser uma ferramenta para a prevenção ao câncer.

Por dois anos, estudei e trabalhei no InCor em um projeto francês cuja metodologia é corriqueira no Pompidou de Paris. Lá, apesar de atender pessoas que fizeram cirurgias cardíacas, a ideia da prevenção é também muito difundida.

Todos os tratamentos com a adição do exercício físico tinham resultados positivos, diminuindo em até 50% o tempo para a realização de algumas atividades. 

Uma pessoa que faz uma toracotomia pode demorar até 2 horas para comer algo o sólido, como uma maçã, nos dias seguintes ao procedimento. Adicionando o exercício físico à rotina, o tempo para a mesma atividade ficava entre 40 e 50 minutos.

O câncer ósseo nada mais é do que as metástases que resultam do processo das células cancerígenas que se desprendem do tumor original e entram na corrente sanguínea, instalando-se finalmente nos ossos

Caso isso ocorra, os sintomas são, entre outros, dores, fraturas e aumento de volume do local atingido.

O exercício físico é cada vez mais, comprovadamente, um grande aliado no combate e prevenção de doenças, proporcionando processos contrários aos desequilíbrios, que são o início dos processos cancerígenos (NM Ocarino, 2006).

A corrida é uma atividade de impacto e, esse impacto nos ossos estimula uma célula óssea (osteoblasto) que tem a função de capturar o cálcio da corrente sanguínea e depositar dentro do osso.

Assim, ela aumenta sua saúde e resistência, ajudando a prevenir possíveis casos de osteopenia/osteoporose (FC Zazula, 2003). Tanto a corrida quanto a caminhada promovem esse benefício.

Mas procure praticar corrida com a orientação de um profissional formado em Educação Física e qualificado. Até uma simples caminhada tem um peso e tanto na prevenção e/ou tratamento de doenças nos ossos.

Cuide-se, previna-se e bons treinos!

 

Leia mais

Corrida e câncer: o esporte é remédio?

Quatro dicas para ajudar a sua corrida

Faça da esteira uma parceira dos treinos

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Adriano Cunha

Fundador do Grupo Upper Life (www.grupoupperlife.com), formou-se em Educação Física e atuou como personal trainer e em cargos de liderança por oiyo anos no Instituto Levitas. Além disso... VEJA MAIS

Compartilhe por email!