Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

O que o crossfit ensina sobre dedicação, prioridades e felicidade

O que o crossfit ensina sobre dedicação, prioridades e felicidade

O que o crossfit me ensinou: dedicação é estabelecer prioridades. Você faz escolhas, todos os dias, e se escolher pelo que é prioridade para você, certamente vai conseguir se dedicar mais. Dedicação está totalmente ligado ao nível de felicidade que você imprime no seu dia a dia. Vou explicar:

Sobre dedicação e prioridades

Quando estabelecemos prioridades fica mais fácil fazer escolhas certas e se dedicar ao que realmente interessa. Por exemplo: se eu for treinar cedo, não vou sair à noite. Mas se eu escolher sair à noite, já sei que o treino do dia seguinte não vai render tanto. Com esse conhecimento eu me frustro menos, já sei o que esperar e vou me dedicar na medida certa da minha capacidade, sem me cobrar a mais ou abaixo da média.

Estabelecer prioridades é planejar a rotina no dia a dia e perto de competições (o gás precisa ser maior, a dedicação é diferente), com foco naquilo que eu consigo manter, porque essa manutenção dentro da minha capacidade de dedicação também evita frustração: o quanto eu consigo manter de uma alimentação boa e equilibrada, um sono de sete ou oito horas, o quanto eu consigo manter de foco na hidratação, entre outros.

 

Leia mais

Equipamentos para crossfit: quando usar joelheiras e munhequeiras

Dieta flexível: veja pontos positivos e negativos

E aí, quanto você gasta com CrossFit?

 

Pra isso, preciso me avaliar e avaliar o que estou fazendo, entender os momentos do meu ano, da minha semana, as oscilações hormonais e de humor, quando estou com a minha energia mais alta e mais baixa e o que fazer para ter mais equilíbrio.

Sem essas informações tudo fica mais perdido e a própria dedicação acaba não tendo um propósito especialmente se você não compete, por exemplo. Se dedicar pra quê? Estabelecer metas e prioridades faz com que tudo faça mais sentido e tenha conexão com seus valores e visão de futuro.

Sobre dedicação e felicidade

Eu preciso ter em mente que, mesmo que eu faça tudo que escrevi acima com meu maior potencial, cumpra minhas metas, siga minhas prioridades, ainda assim o resultado pode não ser o esperado. E se eu fizer tudo isso só pelo resultado, principalmente um muito focado e fechado, é um passo para que a dedicação se esvaia e as próximas metas não sejam cumpridas. Mas qual é a solução se não tenho como prever os resultados? Criar uma rotina que te traga felicidade!

Dedicação também tem a ver com curtir o processo, avaliar o quanto disso te faz feliz. Criar, com as metas, focos e processos, um estilo de vida que te traga satisfação, que cumpra o seu propósito, que fale diretamente ao seu coração. Não adianta se dedicar muito pra algo, sendo que as chances de não acontecer exatamente o que você esperava sempre existem. Aí, a dedicação vai ser algo pesado, que pode te trazer frustração sempre que o resultado não for aquele que você idealizou.

O crossfit me ensinou, entre altos e baixos, que dedicação é, sim, a chave do sucesso, mas que ela tem que vir acompanhada dessas duas palavrinhas: prioridades e felicidade. Assim, o ciclo fica mais completo e a vida brilha mais.

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Fernanda Surian

Professora de inglês e português para estrangeiros, competidora de crossfit, apaixonada por viajar, escrever e compartilhar. Vivendo e aprendendo cada vez mais sobre performance para uma v... VEJA MAIS

Compartilhe por email!