Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Quanto devemos treinar no crossfit?

Quanto devemos treinar no crossfit?

Aqui no box Cordylus usamos muito o aplicativo BeyondtheWhiteboard, utilizado por boxes de crossfit do mundo todo como diário de treinos para seus alunos. Talvez seu principal atrativo seja a alimentação de um banco de dados, com um volume imenso de informações a respeito dos treinos e resultados de milhares de pessoas.

Por conta disso, regularmente a equipe do BTWB realiza levantamentos estatísticos a respeito do atual estágio dos praticantes de crossfit. Recentemente, um desses levantamentos em especial chamou a atenção por analisar a velocidade no aprendizado e no desenvolvimento técnico dos atletas em função do seu tempo de prática semanal.

Mas quanto devemos treinar?

Como números são apenas números (e podem ser interpretados de qualquer forma), vamos a alguns comentários sobre o que as estatísticas desse levantamento nos trouxeram.

Foi estabelecido um patamar inicial de 2 dias de treinos por semana. Ao incorporar-se um terceiro dia de prática semanal, os resultados obtidos são 7,5% melhores que o padrão inicial. De forma progressiva, quem incorpora um quarto dia de treinos na semana obtém um ganho de aprendizado de 10%.

 

Leia mais

Quatro dicas para você começar no crossfit

Crossfit para iniciantes: por onde começar?

Como a idade afeta o progresso no crossfit

 

Por fim, ao acumular 5 dias de treino em uma semana, seus resultados serão 27% superiores aos resultados dos colegas que comparecem ao box em 4 dias na semana.

O BTWB pondera alguns detalhes em relação a esses números: quem treina 5 vezes por semana pode enfrentar alguns obstáculos, como gastar 66% mais de seu tempo do que quem treina 4 vezes por semana; seu gasto com o box poderá ser maior; deverá se atentar mais a sua alimentação, repouso e recuperação dos treinos (mobilidade e massagens) para evitar o desgaste natural dos tecidos corporais diante desse volume de treino.

Ao final, o que fica claro é que a frequência maior de treinos traz resultados progressivamente mais substanciais, assim como maiores exigências para que se extraia apenas o que é positivo do crossfit.

Cabe a cada praticante traçar suas metas com a ajuda de seu coach: se seu objetivo é apenas o bem-estar, não desconsidere um número maior de dias de descanso na semana; se sua meta for mais voltada ao alto desempenho e competição, saiba que a maior dedicação aos treinos costuma trazer dividendos relevantes.

Bons treinos!

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Rodrigo Portela

Empreendedor, CrossFit Level 2 Trainer, Bacharelando pela Universidade do Estado de Santa Catarina, Especialista em Administração de Empresas pela FGV-SP. Após mais de 10 anos praticando ... VEJA MAIS

Compartilhe por email!