Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Dia das Crianças: dê um tênis de corrida!

Dia das Crianças: dê um tênis de corrida!

Neste feriado as lojas de brinquedo são as mais concorridas. Se não é uma boneca da personagem favorita, é uma peça de roupa. Jogos de tela, tabuleiros… Ou seja, a maioria das vezes são presentes que não exigem grandes movimentos do corpo. Felizmente alguns ainda gostam de dar uma bola, bumerangue, bambolê, mas por que não um tênis de corrida para crianças?

Já escrevi sobre isso mas sempre vale a pena repetir: corrida também é para crianças! Seus movimentos simétricos e ritmados ajudam no desenvolvimento físico, na preservação das articulações, reduzem a ansiedade e potencializam o equilíbrio mental. Além disso ela combate diversas doenças causadas pelo sedentarismo, que infelizmente estão cada vez mais comuns mas crianças de hoje.

Felizmente neste ano, pelo menos aqui em São Paulo, já aumentou o número de provas de corrida para crianças mas ainda são poucas comparadas a quantidade delas que poderiam estar correndo e deixando tablets, smartphones e videogames em casa.

 

Criar uma cultura da corrida começa em casa e neste ponto os pais possuem fundamental importância. Precisam participar juntos e mostrar que a atividade física traz mais benefícios do que ficar parado dentro de casa. Mas manter a criança motivada constantemente não é fácil. Por isso a importância de haver mais eventos voltados para este público tão carente e cheio de energia.

Neste final de semana, eu participei de uma prova de revezamento e encontrei com o Léo, um garoto de 12 anos que correu em uma equipe somente de adultos (incluindo seus pais). Infelizmente ele era um dos únicos de sua idade ali, o que nos faz pensar que as chances dele se manter motivado na corrida podem se reduzir com o passar do tempo. E isso seria muito ruim, pois assim como ele, jovens talentosos acabam não desenvolvendo seus potenciais por falta de estímulos (valorização desta faixa etária nas provas).

Se mudou de ideia e resolveu botar o filho ou a filha para correr, peça orientações ao professor de educação física. Pode ser da escola, amigo ou pessoa indicada por alguém de sua confiança, apenas para dar uma base, para que seus filhos não se machuquem e desistam precocemente. Garanto que será o melhor investimento na saúde deles e certamente te agradecerão no futuro. E quem sabe, em breve, eles ainda não te chamem para um treininho?

Bom feriado!

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Marcel Sera

Fisioterapeuta, palestrante e atleta amador! A ideia, aqui, é explicar como usamos e o que acontece com o nosso corpo em cada situação, ação e emoção de nosso dia-a-dia. Correr é uma... VEJA MAIS

Compartilhe por email!