Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Dicas para se dar bem em provas vespertinas

Dicas para se dar bem em provas vespertinas

São poucas, mas não deixam de ser comuns as provas vespertinas, competições que são realizadas no período da tarde. Aliás, até pouco tempo, a mais tradicional prova brasileira, a Corrida Internacional de São Silvestre, era realizada com largada às 17h.

Temos ainda na cidade de São Paulo a tradicional Volta da USP com mais de cinquenta anos de existência e agora a New Balance Mile, que será disputada a partir das 14h com baterias rolando até às 20h. Essa última, uma prova de pista curta e muito rápida. Pelo Brasil também há provas vespertinas.

Neste período, por mais incrível que pareça, no Brasil, devido ao clima, é subutilizado. Podem perceber: temos mais provas no período da manhã e as night runs do que corridas à tarde. Treinos igualmente nestas proporções.

Leia mais

Corrida de montanha, trail run e skyrunning: quais as diferenças

Correr com sol: principais cuidados e o que evitar

A cultura das corridas infantis no Brasil e no exterior

Portanto, fica nítido que os corredores precisam adotar novas estratégias. Vejamos: é mais fácil para o organismo assimilar e digerir um café da manhã frugal do que um almoço em família. Assim, o corredor pode – e deve – optar por alimentos de fácil digestão até quatro horas antes da largada para a prova que se inicia após às 16h. Os brunchs (cafés da manhã super reforçados) já podem servir de opção para aqueles que correm provas mais cedo. No meio tempo entre a refeição e a prova pode-se optar por frutas, sucos ou alimentos secos como castanhas, caso tenha fome.

O stress que um período a mais acarreta com assuntos como trânsito, notícias e família também pode ser maior a tarde do que no período da manhã, quando a mente está mais arejada e a corrida é basicamente a primeira atividade do dia. Assim, procure tentar se isolar de problemas.

Se existem desvantagens, há vantagens como o sono de melhor qualidade, e os requisitos envolvendo a logística e transportes que são facilitados. Como dica, tente alterar de um a dois treinos para o período da tarde com mais ênfase no final de semana.

Outra característica de provas realizadas à tarde se refere ao fato que a maioria é realizada no outono e verão, época que o horário de verão está em vigor, portanto, cuidados básicos como a proteção solar devem ser postas em práticas além de estar preparado ‘espiritualmente’ para chuva de fim de tarde lava-alma.

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Harry Thomas Jr

Jornalista especializado em corridas de rua desde 1999, Harry competiu pela primeira vez em 1994 e desde então já completou 31 maratonas – sendo três sub 3 horas: São Paulo (2h59min30)... VEJA MAIS

Compartilhe por email!