Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Habilidades importantes para correr melhor

Habilidades importantes para correr melhor

Correr todos conseguem e sabem, exceto aqueles que tenham algum tipo de limitação física ou motora. Correr com facilidade já não é tão simples assim, pois depende de diversos fatores com forte associação entre eles. Regularidade, disciplina, bons hábitos alimentares e de sono, bom planejamento, características morfológicas e outros são só alguns elementos que podem nos fazer correr melhor.

Muitas vezes optamos em participar de provas para avaliar nosso desempenho, estabelecer metas e submetas diárias, nos motivar a continuar treinando e a vencer desafios.

Conforme evoluímos no esporte, passamos a nos tornar ainda mais exigentes e a tentar reduzir minutos ou segundos preciosos em uma prova. Mas quando já estamos seguindo à risca aqueles pré-requisitos listados no início do texto, podemos melhorar ainda mais desenvolvendo algumas habilidades específicas para correr melhor nas provas.

Habilidades para correr melhor em provas

Saber usar os pontos hidratação

Conseguir pegar um copo, ou uma garrafa de água nos pontos de hidratação sem perder tempo, sem esbarrar nos outros corredores, sem derrubá-los e aproveitando ao máximo o conteúdo no copo ou garrafa, seja para beber ou refrigerar o corpo, é importante para que nada fuja do controle na prova.

Refrigerar o corpo

 Jogar água, preferencialmente fria, na cabeça e no corpo, pode ajudar a manter o organismo na temperatura adequada. Isso precisa ser treinado, previamente, para que esta água não gere bolhas e assaduras no pé e nas principais áreas de atrito do corpo.

Definir o vestuário e calçado adequado

 Escolher o vestuário e calçado errado para o clima e o tipo de prova pode atrapalhar muito o rendimento. Durante os treinos, teste diferentes combinações para diferentes situações, como tempo seco, úmido, alta temperatura, frio intenso, chuva, asfalto, areia, grama… Este ponto é fundamental para que seu desempenho não seja prejudicado por um equívoco que poderia ser facilmente evitado.

Posicionar-se para a largada

 Este é fundamental, mas muita gente ainda não o cumpre. Se você é mais rápido, deve sempre se posicionar à frente do pelotão de largada e escolher a primeira “onda”, caso a prova tenhas várias baterias de largada. Se você é mais lento, posicione-se mais atrás para não ser atropelado pelos corredores mais rápidos, o que pode ocasionar uma lesão pelo contato ou uma queda.

Tangenciar a curvas

 A física explica que o menor deslocamento em uma curva é feito pela sua tangente. Ou seja, nada de curvas abertas durante a prova, para não correr distância maior que a oficial da prova.

Administrar ritmos ao longo da prova

Saber definir o ritmo de acordo com sua capacidade atual, o tipo e características de prova (distância, terreno, altimetria) e as condições climáticas (vento, chuva, etc…) e evitar largar com muita empolgação e euforia são questões primordiais para o sucesso ao cruzar a linha de chegada. Não “quebre” por falta de planejamento prévio e interpretação das condições para tomadas de decisões rápidas.

Racionar a alimentação no percurso

Muitos se enrolam e passam mal por ingerir algo que não experimentaram e testaram antes, ou por comer em momentos errados. Neste caso, pode ser longe de um ponto de hidratação ou alguns minutos depois da janela correta, acarretando a falta de energia durante o percurso.

Fazer ajustes técnicos de acordo com o terreno

Saber ajustar os movimentos técnicos ao longo do trajeto com base no tipo de terreno é fundamental para a manutenção do ritmo, a economia de energia para finalizar bem a prova e para evitar quedas, principalmente por irregularidades ou buracos.

Manter a concentração

Tirar o foco do percurso e das reações do corpo pode ser perigoso e prejudicar o desempenho. Ouvir música, não prestar atenção no percurso e não focar nos movimentos são atitudes a serem evitadas, se você tem como objetivo cruzar a linha de chegada bem.

Tudo passado a limpo, agora é só colocar em prática nos treinos e nas provas! Desta forma, dificilmente, algo sairá de seu controle!

Bora pra cima e bons treinos, galera!

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Rodrigo Lobo

Bacharel em Educação Física pela Escola de Educação Física da Universidade de São Paulo; sócio-diretor da Lobo Assessoria Esportiva; palestrante de temas sobre qualidade de vida, tre... VEJA MAIS

Compartilhe por email!