Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Lixo na montanha

Lixo na montanha

Enquanto você corre em meio às lindas paisagens que são a marca registrada das corridas de montanha pensa no imenso privilégio que é poder estar lá pertinho da natureza, apreciando um visual exuberante, as belas trilhas e o céu azul.

Mas, eis que você se depara com uma embalagem de gel jogada na trilha. Recolhe e pensa com seus botões: “Bom, tudo bem, acontece. Deve ter caído sem querer”. Poucos metros depois, tropeça em um saquinho zip. Você recolhe. Mais adiante, cascas de banana, de laranja ou os restos mortais de uma maçã quando não de uma garrafa de isotônico.

De um tempo para cá comecei a reparar na imensa quantidade de lixo na montanha que os atletas deixam “cair” durante as provas. E em locais de treino também. Eu imagino que quem se aventura nesse tipo de empreitada ama e respeita a natureza. Será mesmo?

Reservo sempre um bolso do meu short ou da minha mochila para acondicionar as embalagens e os restos de frutas que eu consumo durante as minhas provas e treinos. Mas estou começando a acreditar que os bolsos de muitos atletas estão furados ou, pior: eles são negligentes mesmo.

Esse volume crescente de lixo na montanha espalhado pelas trilhas me fez refletir sobre se – realmente – os atletas que estão no trail run curtem a natureza. Jeitinho estranho de demostrar esse amor, não?

 

Leia mais

Abre para passar!

Bastões de corrida: saiba como tirar proveito deles

Pratique o desapego na hora de arrumar a sua mochila de prova

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Karen Kornilovicz

Bacharel em Jornalismo, é blogueira e trail runner. Após mais de uma década correndo no asfalto, em 2011 trocou a rua pela montanha. Há um ano, descobriu também a mountain bike e a corr... VEJA MAIS

Compartilhe por email!