Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Mizuno Wave Sky Tri 3: atualizações consideráveis e evolução

Mizuno Wave Sky Tri 3: atualizações consideráveis e evolução

Considerando os lançamentos dos últimos dois anos, posso dizer com segurança que o novo Mizuno Wave Sky Tri 3, lançado durante a Expo do Ironman Brasil que começou dia 23 de maio, é o modelo que apresentou as mudanças mais positivas e radicais. Sobretudo por causa de todo o conservadorismo dos japoneses da Mizuno.

O tênis evoluiu bastante principalmente por ter menos material, o que deixou o Sky Tri 3 16 gramas mais leve que o antecessor. Abaixo vou estabelecer um comparativo direto entre a nova versão do Mizuno Wave Sky Tri e a edição anterior.

Diferenças entre o Mizuno Wave Sky Tri 3 e o Mizuno Wave Sky Tri 2

Malha de cabedal

A nova malha de cabedal está bem mais limpa e sem as sobreposições em excesso na área medial presentes no Sky Tri 2. Mesmo sem elas, a nova malha mantém um bom suporte aos pés.  O colar de calce está com menos enchimento de espuma, mas ainda daria para tirar um pouco mais espuma nessa área do tênis para a próxima edição.

Esta versão continua com duas alças, sendo uma na lingueta e outra no calcanhar, nesta área com um novo design. Como para mim elas não têm funcionalidade, cortei as duas com tesoura.

O cadarço elástico que acompanha o Wave Sky Tri continua. Eu acho a espessura do elástico muito fina, além da trava que acompanha ser “complexa” para ajustar. Optei por tirar o cadarço original, e colocar um cadarço elástico (laranja) com uma espessura um pouco mais grossa e uma trava simples e bem funcional.

Entressola

A Mizuno tomou uma decisão certeira: tirou toda a placa termoplástica integrada à entressola que começava no calcanhar e ia até a área medial interna. Na minha opinião, não tinha qualquer funcionalidade.

A exclusão dessa placa ajudou o Wave Sky a ‘emagrecer’ um pouquinho e também deixou o tênis mais macio.

Solado

Outro fator que me surpreendeu positivamente, já que de modo geral os solados dos tênis da Mizuno possuem um composto de borracha de carbono muito rígido, o que na aterrisagem da passada impede o EVA de trabalhar como deveria, que seria absorvendo o impacto e obviamente gerando maciez.

O novo solado do Sky Tri 3 apresenta um composto macio em toda a extensão, que trabalha em conjunto com o EVA, deixando o tênis bem macio, com boa resposta e mantendo uma boa estabilidade.

Leia mais

Hoka One One Rincon: lançamento previsto para julho

Mizuno Wave Ronin 5 X Wave Sonic Tri: qual é o melhor?

TheraGun: conheça o novo investimento de corredores e triatletas

O pouco que corri (52 km) em uma semana já mostrou como o tênis está mais confortável. Provavelmente por ter um composto mais macio, a vida útil deste novo Wave Sky pode ser um pouco menor por causa do desgaste.

Em meu ponto de vista, é melhor ter um tênis confortável e macio, mas com vida útil menor, do que um modelo com maior durabilidade em decorrência de uma borracha de carbono mais resistente que limita o amortecimento.

A flexibilidade também melhorou em virtude de o desenho do solado ter cinco sulcos horizontais na área do antepé.

Peso

Diante de tantas boas atualizações, a redução de peso em 16 gramas em relação à edição anterior não é muita. Segurando cada modelo na mão, é perceptível que o novo Sky Tri está mais leve.  Calçado nos pés já não dá para sentir que o tênis está um pouco mais leve. Ainda dá para tirar bastante peso dele. 

A Mizuno deu um grande passo dentro da marca com este modelo. Agora é trabalhar para chegar junto da concorrência em relação ao peso.

Quem são os principais concorrentes no Brasil e o peso de cada um no tamanho que calço (43 BR):

  • Adidas Ultraboost 19: 344gr
  • Asics Nimbus 21: 340gr
  • Brooks Levitate 2: 361gr
  • Hoka Bondi 5: 327gr
  • New Balance 1080 V9: 307gr
  • Nike Vomero 14: 304gr
  • On Cloudflyer: 307gr
  • Skechers GoRun Ride 7: 289gr
  • Under Armour Infinite: 319gr
  • 361 Spire 3: 322gr

Mizuno Wave Sky Tri 3

Categoria: Amortecimento

Pisada: Neutra

Peso: 352gr – Tamanho 43

Drop: 10mm

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Rodrigo Roehniss

Graduado em Administração de Empresas com MBA em Gestão em Marketing Esportivo, Rodrigo Roehniss é especialista em tênis de corrida, além de prestar consultoria sobre o universo de pro... VEJA MAIS

Compartilhe por email!