Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Newton Running passa por reestruturação e tem futuro incerto

Newton Running passa por reestruturação e tem futuro incerto

A Newton Running surgiu em 2007 pelas mãos dos sócios e amigos Jerry Lee e Danny Abshire. Lee era um profissional do mercado imobiliário que injetou a maior parte do dinheiro no negócio. Danny, por sua vez, tinha uma empresa de palmilhas ortopédicas e era especialista em tênis de corrida. E o primeiro par de tênis vendido por eles foi no Ironman 70.3 Oceanside, ainda em 2007. Um grande motivo de comemoração pelos sócios e o staff da marca.

O diferencial da marca desde o seu surgimento era a presença dos tacos na região do antepé de todos os modelos – inicialmente eram 4. Em 2013, a Newton implantou um taco a mais em todos os solados, sendo um taco posicionado para cada metatarso. Uma marca muito técnica em função desta característica no solado, o que exigia um bom tempo de adaptação aos tênis para os corredores e triatletas curiosos em testar a novidade.

No início de 2011, a Newton Running recebeu um novo investidor contratado por Jerry Lee, o fundo de investimentos Capital Partners, que aportou US$ 20 milhões e deu um belo fôlego extra para marca. Neste ano, estive presente na Maratona de Boston e me recordo que a Newton tinha um espaço considerável na Expo, com fila enorme de corredores esperando para testar os tênis.

Newton Distance 1 – A 1ª edição fez sucesso entre corredores e triatletas nos EUA

No Brasil, a marca teve maior impacto por meio de um triatleta que importou uma quantidade de pares ao final de 2011 e início de 2012. Em seguida, a operação passou a ser de responsabilidade das lojas Track & Field e durou até o final de 2013. No meu ponto de vista, um tênis muito técnico sendo vendido no local errado.

Foi o fim da marca no Brasil. Com o surgimento de Hoka One One e On Running no mercado global, além das novidades lançadas pelos grandes players (Asics, Adidas, Brooks e Saucony), a Newton sentiu que teria de responder rapidamente.

 

Leia mais

Conheça os tênis exclusivos da Maratona de Boston 2017

Hoka Clifton 4 chega ao mercado em julho

On Running lança novos tênis de performance

 

Eu me lembro também que no Mundial do Ironman Havaí de 2014 e de 2015, a marca tinha um enorme espaço na Expo do evento. No ano passado, também no Mundial de Kona, dava para perceber que o “baque” foi sentido por eles. O espaço que tinham foi dominado pela Hoka One One com os modelos da marca vendendo igual água. A Newton sequer estava na Expo e ficou em um espaço fora do local oficial, com pouca visibilidade em uma tenda 4×4 e sem quase nenhuma visita.

Pelo que apurei, as dificuldades foram crescendo em 2015. Houve uma redução considerável de funcionários. Das quase 50 pessoas que a marca chegou a empregar restaram apenas 15. O fundador Jerry Lee deixou o cargo de CEO e se tornou presidente do conselho de administração. Em seu lugar assumiu Joe O’Neil, ex vice-presidente da Quiksilver.

Newton Distance 6 – Atual lançamento não é encontrado com facilidade em lojas especializadas

Em março desde ano, o portal de Boulder  informou que a Newton Running fechou sua única loja, localizada na conhecida Pearl Street, em Boulder. Recentemente, Danny Abshire e sua esposa, que fundaram a marca com Jerry, comunicaram em suas redes sociais o desligamento da marca. Danny retomou o seu trabalho com palmilhas e materiais ortopédicos.

No Brasil, a Netshoes começou há alguns meses a vender alguns modelos da Newton. Não sei se as vendas do produto estão atingindo as metas, já que se trata de uma marca desconhecida na comunidade de corredores brasileiros e são modelos extremamente técnicos. Além disso, pela Netshoes, o usuário não tem a oportunidade de vestir e sentir os tênis nos pés, além de serem modelos da coleção anterior e por um valor relativamente “salgado”.

Talvez a Newton Running tenha de se reinventar com relação a seus produtos, com modelos mais confortáveis e macios, mantendo seu principal conceito que é a corrida eficiente e mantendo sua marca registrada, que são os tacos nos solados. Mas isso não é uma garantia de retomar sua força e confiabilidade na comunidade da corrida e triathlon.

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Rodrigo Roehniss

Graduado em Administração de Empresas com MBA em Gestão em Marketing Esportivo, Rodrigo Roehniss é especialista em tênis de corrida, além de prestar consultoria sobre o universo de pro... VEJA MAIS

Compartilhe por email!