Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Ovos: não tenha medo deles

Ovos: não tenha medo deles

Muitas pessoas reclamam que a nutrição está sempre mudando, que o café é o vilão hoje e que amanhã ele será bom. E o mesmo acontece com os ovos.

Primeiro, é importante esclarecer que a nutrição não é uma ciência exata e os profissionais sérios da área da saúde sempre buscam elaborar as suas condutas em pesquisas e artigos científicos. Por isso, está sempre mudando. Ao longo de anos, os cientistas estudam e veem como os alimentos podem nos trazer benefícios.

No meu entender, comer ovos não tem problema algum. Porém, as pessoas têm sempre a tendência de generalizar e ao invés de ir à nutricionista, pegam dicas do amigo, da colega do trabalho… O que serve para um, não irá servirá para o outro. Ou seja, se o seu colega come cinco ovos por dia, isso não servirá para você! Acho engraçado quando as pessoas veem as minhas dietas e olham a quantidade de ovos, elas se espantam. Preferem comer carne vermelha duas vezes ao dia do que ovos. Sendo que a carne vermelha aumenta os níveis de inflamação corporal e os ovos são anti-inflamatórios.

O ovo é uma proteína de alto valor biológico. Ou seja, nele estão presentes todos os aminoácidos essenciais (os aminoácidos formam as proteínas e os essenciais são aqueles que o nosso corpo não produz). Além de ser ótima fonte proteica, os estudos mostram que consumir ovos no período da manhã pode ajudar na saciedade ao longo do dia. Mas, ovos no café da manhã?! Sim! Experimente incluir os ovos e você irá se surpreender!

2 ovos inteiros = 100 g

146 kcal
13 g proteínas
8,9 g lipídeos
356 mg de colesterol
1,6 g carboidratos
42 mg cálcio
13 mg magnésio
164 mg fósforo
+ vitamina A, B1, B3

Mas, nutri olha a quantidade de colesterol que tem! Vai aumentar meu colesterol! Socorro! Não posso comer. E é aí que você se engana.

Estudos em pessoas com colesterol alterado sugerem o consumo de três ovos cozidos por dia e que isso baixa o colesterol e o tamanho da molécula de LDL (menos perigosa que moléculas pequenas que são mais fáceis de oxidar e causar problemas). Além disso, os ovos têm propriedades anti-inflamatórias ajudando na redução da gordura e perda de peso.

Obviamente, que não estou levantando a bandeira para consumir mais ovos do que o necessário. Por isso, temos que avaliar INDIVIDUALMENTE!

E aquela dúvida: posso comer a gema? DEVE! A gema é rica em colina, uma substância que está diretamente relacionada com o sistema nervoso central e a bainha de mielina. Por isso, se você está em período de estudos, é fundamental um ovo (cozido), por dia.

Esse post é um esclarecimento. Portanto, não saia por aí comendo 30 ovos por dia! Tudo em excesso não é recomendado. Por isso, busque uma nutricionista.

 

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Denise Entrudo

Nutricionista do esporte e apaixonada por exercícios, Denise trabalha com atletas de elite e amadores e está sempre em busca de conhecimento, aliando a nutrição e o esporte. É pós-grad... VEJA MAIS

Compartilhe por email!