Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Maratonista, a hora de planejar 2018 é agora!

Maratonista, a hora de planejar 2018 é agora!

Assim como para as empresas, para os corredores o “ano fiscal” de 2017 já está se encerrando e a hora de ter um bom planejamento na corrida é agora, no último trimestre, já vislumbrando 2018.

Com a maioria das maratonas do segundo semestre acontecendo entre outubro e novembro, planejar o próximo ciclo (primeiro semestre) é uma boa pedida, já que a partir de abril inicia-se a temporada mundial de maratonas, com provas como a de São Paulo, de Londres e de Boston.

Para aqueles cujo ciclo deste ano se encerrou em Berlim (840 maratonistas brasileiros estiveram presentes na última edição), Foz do Iguaçu ou termina agora em Chicago, chega o momento do treinamento de base da preparação, respeitando o ciclo de seis meses considerados ideais para uma prova como esta.

Para quem necessita de um período maior de recuperação ou ainda vai correr Nova York ou Curitiba, ambas em novembro e, portanto, iniciarão a sua base somente em dezembro, boas opções de provas brasileiras no ano que vem ficam por conta da 42k de Floripa e Maratona do Rio, ambas no dia 6 de junho.

 

Leia mais

Nada contra a World Marathon Majors, mas...

Run fit e a mecânica de corrida

Cortador de caminho é desclassificado em Mont-Blanc

 

Obviamente a maior preocupação do planejamento se dá justamente nas longas distâncias, já que na preparação o atleta terá muitos “longões” pela frente.

Falando nisso, dentro do ciclo é interessante colocar entre uma a três meia-maratonas para “pegar ritmo”, sendo a última meia feita até 15 dias antes da prova-alvo. Mas tudo isso deve ser analisado em conjunto com seu treinador.

Estudar a logística de prova é outra ação que deve ser considerada. Um bom planejamento na corrida inclui pensar na viagem, na compra de passagens, estadia, além de atenção com o período de inscrição.

O ideal é não dar o passo maior que a perna e curtir a caminhada com todas suas alegrias e percalços. A linha de chegada será somente o “gran finale” do planejamento que está para começar por esses dias.

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Harry Thomas Jr

Jornalista especializado em corridas de rua desde 1999, Harry competiu pela primeira vez em 1994 e desde então já completou 31 maratonas – sendo três sub 3 horas: São Paulo (2h59min30)... VEJA MAIS

Compartilhe por email!