Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Sem barreiras no treinamento de crossfit

Sem barreiras no treinamento de crossfit

Compreender o cenário atual do mundo do treinamento seria um bom começo antes de proferir afirmações como barreiras: “as mulheres não gostam de treinar atletas de elite”. Enquanto o Título IX (legislação marco dos direitos civis que proibiu a discriminação de gênero nas escolas americanas) abriu oportunidades para as mulheres, concomitantemente abriu o dobro de oportunidades de treinamento para os homens.

Atualmente, os homens ocupam a maioria (80%) das posições de treinamento no desporto universitário. Quase todos os atletas universitários do sexo masculino são treinados por homens (96-98%) e mais da metade dos universitários atletas são treinados por homens (60%).

Todos os atletas, independentemente do gênero, podem se beneficiar sendo treinados por homens e mulheres qualificados, mas, dado a minoria atual de mulheres treinadoras, este benefício muitas vezes permanece a se realizar. As mulheres que desejam ser treinadoras devem ter igualdade de acesso e oportunidade de prosseguir sua carreira para treinar ambos os atletas, masculinos e femininos (LaVoi, N. 2013).

Ser um treinador significa que você pode treinar tanto atleta de elite quanto atleta de base, isso depende apenas da sua qualificação e do interesse do atleta no aprendizado e no seu empenho para a vida de alto rendimento. Estes atletas são diferentes, eles têm objetivos diferentes, e por isso você tem que se qualificar de diferentes formas para alcançar a proposta, seja ela desafiadora ou não.

Ser um treinador de qualidade significa que você deve compreender, aceitar e valorizar essas diferenças e construir um forte relacionamento com seu atleta para capacitar progresso.

Os treinadores são líderes, os líderes devem ser eficazes, e sua pretensão deve ser de construir um bom relacionamento com seus atletas, tornando-os atletas completos. Os líderes eficazes e bem sucedidos podem adaptar os seus comportamentos para atender as demandas da situação a qual o atleta que está treinando (Goleman, D. 2000).

Considerando-se um treinador eficaz, significa que você tem tido tempo para desenvolver um estilo de liderança e modelo a ser seguido, sendo assim suas ações provam que incorporar esse modelo o torna um excelente treinador, uma vez que o seu comportamento se entrelaça com seu modelo de treinamento (Hammermiester, J. 2010). Treinar sem um modelo seria realmente ineficaz e incompreensível para toda metodologia aplicada, mostrando assim o desinteresse do atleta no seu Coach. (Cassidy, T. 2014).

 

Leia mais

4 exercícios de CrossFit para melhorar o desempenho na natação

A famosa técnica das ventosas

Aquecimento: é melhor antes!

 

Um treinador de qualidade, feminino ou masculino, deve estar usando modelos de liderança e coaching modernos, tais como o modelo transformacional. Este modelo incorpora a construção de seu atleta por meio de relacionamentos, carinho e apreço a necessidades individuais (Dobbs, D. ND).

Mulheres e homens que são treinadores de qualidade devem estar olhando para construir uma relação sólida com o seu atleta, uma comunicação aberta, feedback consistente e adequada, com propósito e crescimento. Uma das principais razões pelas quais o crossfit ganhou respeito perante as mulheres foi porque as mesmas estão à frente de suas turmas e seus atletas com toda a propriedade de coach. Elas são líderes em suas comunidades, elas estão ajudando a capacitar as pessoas a incorporar fitness a uma vida saudável.

Um dos maiores exemplos de Elite’s Coach é Diane Fu, da San Francisco CrossFit, dona do programa de Levantamento de Peso e Levantamento de Peso Olímpico Fu Barbell. Além de trabalhar com grandes nomes dos atletas do CrossFit Games, como Jason Khalipa, Pat Barber e Miranda Oldroyd, Daine dedica 100% do seu tempo para preparação dos seus atletas e se orgulha muito disso.

Em contrapartida, há mulheres que preferem deixar o treinamento de elite para treinar o público em geral. Foi uma forma também que a consagrada coach de crossfit Christa Giordano encontrou para compartilhar seu conhecimento com todos e não apenas com alguns. Isso mostrou que a mesma treina seus atletas para qualidade de vida e consistência de movimentos e não os treina para resultados específicos.
“Um líder é melhor quando as pessoas mal sabem que ele existe. Quando seu trabalho é feito, o seu objetivo cumprido, eles vão dizer: nós fizemo-lo nós mesmos.” (Lao Tzu)

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Cristiane Hanke

Graduada desde 2000 pela Faculdade Dom Bosco, com especialização em Esportes e Recreação na Austrália e participação do Invictus Camp com atletas do CrossFit Games. Praticante e amant... VEJA MAIS

Compartilhe por email!