Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Para uma dieta vegana, qual o melhor suplemento alternativo ao whey protein?

Para uma dieta vegana, qual o melhor suplemento alternativo ao whey protein?

Quando falamos de suplementação vegana e vegetariana, existem vários questionamentos. A principal é entre atletas que possuem esse estilo de vida e precisam suprir algumas necessidades nutricionais, entre elas a suplementação vegana (ou vegetariana). 

Muitos estudos que comparam corredores que optaram por uma alimentação vegana ou vegetariana com aqueles que não fizeram alteração nenhuma, mostram evidências de que as dietas sem ingredientes animais são benéficas.

Elas podem ajudar a melhorar o desempenho, a recuperação e a resposta imunológica para corredores que levam a proposta alimentar a sério. Nesse caso, é fundamental ter uma alimentação rica em leguminosas, cereais integrais, verduras, sementes, oleaginosas, frutas e outros vegetais. De preferência, orgânicos e com pouca intervenção industrial.

Essa recomendação também vale para quem segue uma dieta onívora. Portanto, o ponto fundamental para a evolução na performance com longevidade na corrida é o nível adequado de micronutrientes, além dos macronutrientes.

 

Leia mais

Os principais mitos da corrida de rua

Fratura por estresse: o que é, causas e como evitar o problema

Estudo descobre que correr é bom para a memória

 

Quando seguidas corretamente, as dietas vegana ou vegetariana fornecem boa quantidade de micronutrientes em relação a uma dieta que inclui carne, ovos e outros ingredientes animais. Entretanto, o mesmo não acontece com o aporte proteico.

Os corredores veganos e vegetarianos precisam ficar atentos à quantidade e biodisponibilidade (capacidade de absorção após uma refeição) da proteína que ingerem.

Sabendo disso, eis a resposta de alternativas de suplementação vegana. Existe no mercado a proteína vegetal, que pode ser da ervilha ou do arroz. Como consumi-la? Sugiro que procure um nutricionista que olhe para sua rotina, hábitos e necessidades.

Mas posso dizer que os gramas de proteína que utilizar do suplemento proteico devem estar balanceados com o volume total de proteínas do seu dia. Além da proteína, é importante suplementar com orientação as vitaminas B12 e D, e o ômega-3, proveniente do peixe.

Embora esta última não seja uma opção pela ideologia associada ao hábito alimentar, não posso deixar de mencionar o quanto este é importante para a integridade do sistema nervoso e toda a enervação feita pelos neurônios ao longo do nosso corpo. Infelizmente não conseguimos suprir essa demanda com o ômega-3 vegetal.

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Mariana Klopfer

Mariana Klopfer é formada em nutrição pela Universidade de São Paulo (USP) e diretora clínica da Nutricius - Nutrição Esportiva... VEJA MAIS

Compartilhe por email!