Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

O trabalho de base está chegando ao fim! E agora?

O trabalho de base está chegando ao fim! E agora?

Se você já está cansado de subir, fazer força, fazer educativos, fortalecer o core, sentindo-se cansado e pesado, com dificuldades para imprimir os ritmos Z3, Z4, Z5, olhar para o cronômetro, doido para encarar provas e bater RPs (recordes pessoais) e subir volumes, parabéns! Você está pronto para sair do trabalho de base!

A finalidade do trabalho de base era exatamente esta. Preparar o corpo e a mente para poder suportar uma nova fase de treinos, em que a preocupação com os ritmos, ajustes finos táticos e técnicos serão recorrentes a partir de agora.

Ganhar velocidade, sustentar alta potência, tolerar volumes altos, suportar o cansaço e tornar o corpo ainda mais econômico só são possíveis com uma musculatura forte, e muita consciência motora. Portanto, quem ainda não chegou neste ponto, precisa calcular bem o número de semanas até sua prova alvo e não perder nenhum treino de base daqui para frente.

Uma pergunta recorrente é sobre o tempo ideal para cada fase: geral (base), específico (pré-competitivo e competitivo), etc… Não existe este número mágico, pois muitos fatores influenciam este planejamento. Desde a experiência do atleta, as características genéticas, tipo de prova e quais as metas a serem atingidas. Sabemos que um número mínimo de 4 a 6 semanas é importante para que o corpo se adapte aos estímulos novos aplicados.

 

Leia mais

Base sólida ajuda a ter sucesso duradouro no esporte

As grandes metas e seus ensinamentos

A tal da motivação para treinar

 

Tome cuidado, pois não podemos nos empolgar com o final do treinamento de base, subindo abruptamente os volumes de treino junto às intensidades, já que o corpo ainda está um pouco mais “travado” e pesado.

Portanto planeje bem como será o seu próximo ciclo de treino até suas provas secundárias e primárias. Ajuste muito bem a alimentação para que você não perca a massa muscular adquirida e consiga eliminar toda a massa gorda desnecessária para sua modalidade e objetivos.

E por último, divirta-se e comemore suas conquistas! Assim, você irá muito mais longe e por muito mais tempo!
Bora pra cima, galera!

Os textos, informações e opiniões publicados nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com

Sobre o autor

Rodrigo Lobo

Bacharel em Educação Física pela Escola de Educação Física da Universidade de São Paulo; sócio-diretor da Lobo Assessoria Esportiva; palestrante de temas sobre qualidade de vida, tre... VEJA MAIS

Compartilhe por email!