Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Por que dói?

Está com dor? Onde?
Sinalize o local da sua dor que indicamos para você quais os possíveis diagnósticos, tratamentos, fortalecimentos e uma séria de dicas para aliviar sua dor e voltar aos treinos novinho em folha!

1 2 3 4 5
1 2 3 4 5 6

Lesão nos Meniscos

30 de março de 2016 por Redação Por que dói?

Travou? Nenhum corredor está livre de emperrar o joelho por conta de danos nesses “amortecedores”.

Causa

  • Excesso de peso e repetição de movimentos
  • Entorses e traumas por torção, quedas ou batidas
  • Instabilidade motora, artrose ou rompimento involuntário

Sintomas

  • Dores, inchaço e derrame articular (água no joelho)
  • Dor à palpação no joelho na interlinha articular
  • Estalos no joelho, endurecimento e limitação para dobrar/estender a perna
  • Bloqueio da articulação nos casos mais graves (lesões chamadas “alça de balde”)
LesaoMeniscos
Discos entre o fêmur e a tíbia sofrem ruptura

Tratamento

  • Aplicação de anti-inflamatórios e analgésicos, quando receitados
  • Repouso (descarga do membro com o uso de um par de muletas), elevação, aplicação de gelo e compressão
  • Cirurgias por artroscopia para remover ou suturar as lesões
  • Reabilitação com exercícios graduais de fortalecimento

Prevenção

  • Procurar um especialista ainda no início das dores
  • Conservar a musculatura forte e alongada
  • Usar o tênis correto para a corrida

Retorno às corridas

  • Com a liberação do médico
  • Quando não apresentar mais dores à palpação nem edemas
  • Após restaurar a mobilidade e a força com exercícios de musculação
  • Com a total amplitude de movimentos

Pequenos discos entre o fêmur e a tíbia sofrem rupturas, que prejudicam o movimento, travam o joelho e geram dores”

Em cada joelho existem dois meniscos, o medial (do lado interno do joelho) e o lateral (do lado externo). Esses meniscos são pequenas cartilagens que funcionam como amortecedores entre os ossos da perna e da coxa. Uma lesão neste local prejudica essa proteção e expõe a cartilagem ao desgaste, facilitando o processo de artrose na articulação. As lesões são relacionadas a traumas como entorses ou movimentos bruscos e não habituais do joelho. Por isso são tão frequentes nos jogadores de futebol.

Na corrida de rua, ninguém está livre de travar o joelho por conta de danos nessas “almofadinhas” de superfícies lisas, os tais meniscos. É verdade que — resistentes e elásticos — os meniscos têm uma grande capacidade de se comprimir, deformar e retornar à sua forma original. Mas podem sofrer lesão por entorses, movimentos forçados de rotação e twist (entrelaçamento), quedas, batidas, excesso de peso, exagero nos treinamentos, degeneração (o que ocorre naturalmente em pessoas com mais de 30 anos) ou má-formação anatômica. O sedentarismo também conta, mas o desprezo às dores, inchaços e falhas do movimento causa prejuízo semelhante.

Dos dois meniscos, o interno ou medial (em formato de C) é muito mais suscetível a lesões. A boa notícia é que essas lesões nos meniscos podem ser detectadas e tratadas precocemente, com diagnóstico mais preciso e cirurgias menos invasivas (artroscopia), com índice de cura na casa dos 90%.

Diagnóstico
O sintoma imediato da lesão nos meniscos é uma dor intensa, seguida de inchaço local, perda ou bloqueio de movimento. A sensação é de que o joelho está fora do lugar. O diagnóstico inclui palpação, radiografias e ressonância magnética. Frequentemente, ocorre associação com lesões ligamentares e condrais (combinadas a lesões do ligamento cruzado anterior). Mas é possível, se não reverter, pelo menos melhorar o quadro diminuindo a intensidade dos exercícios. O tratamento depende do grau da lesão, tamanho e localização da ruptura, indo do fisioterápico à cirurgia. Se os sintomas forem mecânicos, ou seja, com travamento do joelho, a cirurgia é a melhor escolha para remover a região lesionada do menisco e os restos meniscais, que podem estar soltos, provocando os bloqueios. O transplante de menisco já é possível, mas ainda é raro no Brasil.

Compartilhe por email!