Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Flavia Oliveira é top 10 na Flèche Wallone

Foto: Divulgação

A ciclista brasileira Flavia Oliveira (Lares/Waowdeals) está definitivamente vivendo uma das melhores fases de sua carreira. Nesta quarta-feira (19) ela conquistou uma inédita 10ª colocação na Flèche Wallone, uma das mais tradicionais provas do ciclismo de estrada mundial, disputada na Bélgica, que contou com mais 130 competidoras. Foi a melhor colocação já obtida por uma brasileira na história da competição.

Representante do Brasil na Rio 2016, onde também conquistou uma inédita 7ª colocação na olimpíada para o ciclismo nacional, Flavia Oliveira se manteve entre as primeiras colocadas durante todo o percurso, que compreendeu um total de 120 km – incluindo a escalada do temido Muro de Huy, subida com 9,6% de inclinação -, e terminou a prova em  3h22min08seg. A vencedora foi a atual campeã olímpica, a holandesa Anna van der Breggen (Boels-Dolmans), que conquistou seu terceiro título consecutivo Flèche Wallone. 

 

Leia mais

Magno Prado é bicampeão da Volta do Uruguai

Anna van der Breggen leva o ouro na estrada

Flavia Oliveira conquista o Tour de Ardeche, na França

 

Apesar de se dizer satisfeita como resultado, Flavia afirmou que, se não fosse o frio, poderia ter conquistado um resultado ainda mais expressivo.”A corrida foi bem dura, com muito frio e vento. A equipe da atleta campeã controlou o ritmo, sempre com quatro ciclistas no pelotão da frente. Em uma das fugas estive com uma das minhas companheiras, então o trabalho foi melhor. Sinto que está melhorando nosso jogo de equipe na Lares-Waowdeals, mas ainda abaixo das adversárias. Realmente não me senti bem por causa do frio e, faltando 8 km para o final no morro da penúltima subida, a Anna Van Der Breggen assumiu a liderança no seu ataque decisivo”, analisou a brasileira.

Em 2016, Flavia Oliveira terminou a prova belga na 48ª posição. Para ela, saltar mais de 30 posições em um ano é um sinal de sua evolução. “Estou muito feliz com o resultado, porque sinto a evolução constante. Tenho que estar focada e seguir bem o planejamento da equipe e do meu treinador nas próximas competições. O trabalho continua e pude ver que melhorei muito na Fleche Wallonne comparando com o ano passado. Meu objetivo era tentar um top 5, mas no final faltou um pouco de perna. Paguei o preço de ter me desgastado bastante antes de chegar nas subidas finais”, declarou a ciclista.

Classificação feminina Flèche Wallone 2017

1- Anna Van Der Breggen (HOL/Boels Dolmans Cyclingteam) – 3h21min06seg
2- Elizabeth Deignan (GBR/Boels Dolmans Cyclingteam) – a 16seg
3- Katarzyna Niewiadoma (POL/WM3 Pro Cycling) – a 25seg
4- Annemiek Van Vleuten (HOL/Orica Scott Women) – a 43seg
5- Shara Gillow (AUS/FDJ Nouvelle Aquitaine Futuroscope) – a 49seg6.
6- Ashleigh Moolman (RAS/Cervelo Bigla Pro Cycling Team) – a 54seg
7- Coryn Rivera (EUA/Team Sunweb) – a 56seg
8- Janneke Ensing (HOL/Ale Cipollini) – a 58seg
9- Katrin Garfoot (AUS/Orica – Scott) – a 1min
10- Flavia Oliveira (BRA/Lares/Waowdeals) – a 1min02seg

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

Compartilhe por email!
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]