Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Depois de quatro etapas, Giro tem dia de descanso

POR ALEXANDRE AGABITI FERNANDEZ e FERNANDO MELLO

Depois de quatro etapas realizadas, o Giro d´Italia 2006 tem dia de descanso nesta quarta-feira. Os ciclistas voltam a competir na quinta, a primeira etapa na Itália, entre as cidades de Piacenza e Cremona, disputando um contra-relógio por equipes, com extensão de 38 km. Até agora, o alemão Stefan Schumacher (Gerolsteiner) veste a maglia rosa, com uma vitória de etapa. O australiano Robbie McEwen (Davitamon) venceu duas etapas e é o dono da camisa magenta, de melhor sprinter. Mas ainda há muita etapa pela frente e, até o dia 28, certamente a maglia rosa mudará de dono.

A grande baixa do Giro 2006 até aqui é o italiano Alessandro Petacchi (Milram). Durante a disputa da 3ª etapa, na segunda-feira, na Bélgica, o sprinter teve uma queda, fraturou a rótula esquerda e teve de abandonar a prova. Na terça-feira, Petacchi retornou à Itália, foi operado e ficará cerca de dois meses afastado, o que compromete seriamente sua participação no Tour de France, com início previsto no dia 1º de julho.

Antes da lesão, o saldo do Giro já estava bem negativo para Petacchi. No prólogo, foi apenas o 31º colocado, a 35s do vencedor, o compatriota Paolo Savoldelli (Discovery). A 2ª etapa foi mais uma derrota para o ciclista e sua equipe. Os companheiros realizaram ótimo trabalho para Petacchi vencer no sprint, mas o italiano foi surpreendido pelo veloz Robbie McEwen, que venceu sem nenhuma ajuda da Davitamon. Enfim, o Giro de 2006 é uma competição a ser apagada da memória de Petacchi.

Do outro lado, de bem com a vida está o australiano Robbie McEwen. Sem pretensões de vencer a competição, já que é um sprinter, McEwen já conseguiu duas vitórias de etapa, a segunda nesta terça-feira, já sem Petacchi. Com a ausência do italiano, o caminho de McEwen fica livre para mais vitórias. Ainda restam quatro etapas com topografia plana e o ciclista da Davitamon passa a ser o franco favorito para ser o melhor sprinter do Giro 2006.

Na disputa pela maglia rosa, o alemão Stefan Schumacher continua surpreendendo os favoritos. Com estratégia, regularidade e cautela, ele venceu a 2ª etapa e tirou a liderança de Savoldelli. Na 4ª, manteve-se no primeiro pelotão para seguir líder sem maiores percalços. O ciclista alemão – de 24 anos, 1,84 m e 68 kg – faz sua primeira temporada em uma equipe do UCI Pro Tour. No ano passado, defendeu a equipe Shimano-Memory Corp (atual Skill-Shimano), que evolui na divisão UCI Europa Tour. Assinou com a alemã Gerolsteiner em 2006, conquistou a primeira vitória de expressão na carreira, o Circuito de la Sarthe, disputado na França em abril, onde derrotou ciclistas de ponta como Ivan Basso. Schumacher é um atleta potente e polivalente, capaz de realizar bons contra-relógios e suportar a montanha relativamente bem. Mas ainda está verde para vencer uma prova longa como o Giro, e não conta com uma equipe suficientemente sólida para ajudá-lo em todas as etapas.

Os favoritos para chegar a Milão (última etapa da prova) vestido de rosa continuam sendo os italianos Paolo Savoldelli, bicampeão do Giro (2002 e 2005) e vencedor do prólogo, Ivan Basso (CSC), Danilo Di Luca (Liquigas), Gilberto Simoni (Saunier Duval) e Damiano Cunego (Lampre). Se isso acontecer, o Giro terá dez anos seguidos de domínio italiano. Que viver, verá.

Siga acompanhando o Giro d´Italia 2006 pelo PRÓLOGO. Cobertura em tempo real das etapas, notícias, matérias especiais e muito mais!

CLASSIFICAÇÃO GERAL- depois de quatro etapas:

1- Stefan Schumacher (ALE) Gerolsteiner 14h52min25s
2- Paolo Savoldelli (ITA) Discovery Channel a 13s
3- Davide Rebellin (ITA) Gerolsteiner a 23s
4- José Iván Gutiérrez Palacios (ESP) Caisse d´Epargne-Illes Balears a 29s
5- José Luis Rubiera (ESP) Discovery Channel a 31s
6- Serguei Gonchar (UCR) T-Mobile m.t.
7- Bradley McGee (AUS) Française des Jeux m.t.
8- Francisco Pérez Sanchez (ESP) Caisse ´Epargne-Illes Balears a 32s
9- José E. Gutiérrez (ESP) Phonak a 33s
10- Paolo Bettini (ITA) Quick Step a 35s

As camisas depois de quatro etapas:

Líder da prova: Stefan Schumacher (Gerolsteiner) -14h52min55s

Líder de Montanha: Sandy Casar (Française des Jeux) – 6 pontos

Líder por pontos: Robbie McEwen (Davitamon) – 50 pontos

Líder do Intergiro: Paolo Savoldelli (Discovery) – 229 pontos

Etapas que restam:

10 – qua descanso
CR 11 – qui 5.PIACENZA – CREMONA (CR equipe)

38 km

P 12 – sex 6.BUSSETO – FORLÌ

223 km

m 13 – sáb 7.CESENA – SALTARA

230 km

m 14 – dom * 8.CIVITANOVA MARCHE – MAIELLETTA – Passo Lanciano

171 km

P 15 – seg 9.FRANCAVILLA AL MARE – TERMOLI

147 km

V 16 – ter 10.TERMOLI – PESCHICI

190 km

17 – qua descanso
CR 18 – qui 11.PONTEDERA – PONTEDERA (CRI)

50 km

P 19 – sex 12.LIVORNO – SESTRI LEVANTE

165 km

m 20 – sáb 13.ALESSANDRIA – LA THUILE

216 km

M 21 – dom 14.AOSTA – DOMODOSSOLA

224 km

P 22 – seg 15.MERGOZZO – BRESCIA

182 km

m 23 – ter * 16.ROVATO – TRENTO Monte Bondone

180 km

M 24 – qua * 17.TERMENO/TRAMIN – PLAN DE CORONES/KRONPLATZ

158 km

V 25 – qui 18.SILLIAN – GEMONA DEL FRIULI

227 km

M 26 – sex * 19.PORDENONE – PASSO DI SAN PELLEGRINO

220 km

M 27 – sáb 20.TRENTO – APRICA

212 km

CR 28 – dom * 21.CANZO – GHISALLO (CRI – 1ª semi-etapa)

11 km

P 28 – dom 21.LECCO – MILÃO (2ª semi-etapa)

116 km

TOTAL

3553,2 km

CR contra relógio
P etapa plana
V etapa de relevo variado
m etapa de meia montanha
M etapa de montanha
* chegada em montanha

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!