Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Chris Froome faz história e vence o Giro d’Italia 2018

O britânico Chris Froome, da Sky, aumentou sua galeria de conquistas neste domingo ao vencer o Giro d’Italia 2018. Tetracampeão do Tour de France e com um título da Volta da Espanha no currículo, ele nunca havia vencido a competição italiana.

O Giro teve uma de suas edições mais emocionantes e disputadas. Froome assumiu a liderança apenas na última sexta, após a décima nona etapa, ao desbancar o compatriota Simon Yates, que desistiu da disputa, e conquistou o troféu nas ruas de paralelepípedo de Roma.

O ciclista soube defender uma vantagem de 46 segundos que tinha sobre o holandês Tom Dumoulin em um critério de dez voltas de 11.5 km no centro da capital italiana. A confirmação da vitória veio quando faltavam 55km para o final, após a organização neutralizar três voltas do circuito a pedido dos competidores, preocupados com as condições das estradas centrais da cidade.

Na classificação geral, Dumoulin ficou com a segunda colocação e o colombiano Miguel Angel Lopez fechou em terceiro. Richard Carapaz, do Equador, e Domenico Pozzovivo, da Itália, completaram a lista dos cinco primeiros.

Com o feito na Itália, Froome enfileira agora três importantes títulos na sequência, já que ele havia vencido as últimas edições do Tour de France e da Volta da Espanha.

Roma

A última etapa contou com a vitória do irlandês Sam Bennett, que coroou o bom trabalho da equipe Bora. Bennet travou disputa acirrada com o ciclista local Elia Viviani, ultrapassando o adversário apenas nos metros finais e garantindo um final emocionante ao Giro.

 Polêmica

A presença de Chris Froome no Giro atraiu muita crítica devido a seu caso pendente em um julgamento por doping – foi encontrada alta quantidade de Salbutamol, um remédio para asma, em seu sangue no teste da Vuelta a España no ano passado. 

Froome também teve um início difícil no Giro 2018, ao se acidentar em uma volta de reconhecimento um dia antes do início da competição, e demorou a encontrar uma oportunidade de diminuir a diferença entre ele e o maglia rosa. Ele agora tem títulos em todas as provas do Grand Tour do ciclismo – Tour de France, Vuelta a España e Giro d’Italia, o troféu que faltava. 

>> Classificação final do Giro:

1 Chris Froome (Reino Unido) 89h02’39”
2 Tom Dumoulin (Holanda) + 0:46  
3 Miguel Angel Lopez (Colômbia) + 4:57  
4 Richard Carapaz (Equador) + 5:44  
5 Domenico Pozzovivo (Itália) + 8:03  
6 Pello Bilbao (Espanha) + 11:50  
7 Patrick Konrad (Áustria) + 13:01  
8 George Bennett (Nova Zelândia) + 13:17  
9 Sam Oomen (Holanda) + 14:18  
10 Davide Formolo (Itália) + 15:16  

>> Classificação 21a etapa:

1 Sam Bennett (Irlanda) 2:50:49
2 Elia Viviani (Itália)
3 Jean-Pierre Drucker (Luxemburgo)
4 Baptiste Planckaert (Bélgica)
5 Manuel Belletti (Itália)
6 Sacha Modolo (Itália)
7 Clement Venturini (França)
8 Paolo Simion (Itália)
9 Fabio Sabatini (Itália)  
10 Jan Polanc (Eslovênia)

Leia mais

Chris Froome vence 19ª etapa do Giro e assume a maglia rosa

Max Schachmann vence 18ª etapa do Giro e aumenta incerteza para o fim

Viviani vence pela quarta vez e Yates mantém a ponta no Giro

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!