Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Pinot vence penúltima etapa após disputa emocionante entre favoritos

Foto: Divulgação

A 20ª e penúltima etapa deste 100º Giro d’Italia, realizada neste sábado (27) num percurso de 190 km entre Pordenone e Asiago, foi marcada por uma emocionante disputa entre os favoritos na reta final. A vitória ficou com o francês Thibaut Pinot (FDJ), conquistada no sprint em meio ao grupo de cinco favoritos que liderou a etapa nos últimos 10km. O russo Ilnur Zakarin (Katusha-Alpecin) foi o segundo colocado, seguido pelos italianos Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida) e Domenico Pozzovivo (AG2R-La Mondiale), terceiro e quarto respectivamente, e pelo colombiano Nairo Quintana (Movistar), que foi o quinto.

Todos os cinco primeiros terminaram com o mesmo tempo do vencedor, de modo que Quintana manteve a maglia rosa. O holandês Tom Dumoulin chegou 15seg depois, na 10ª colocação. Com o resultado, ele caiu para a quarta colocação na classificação geral (a 53seg do líder), que agora tem Nibali como segundo colocado (a 39seg) e Pinot como terceiro (a 43seg).

 

Leia mais

Tom Dumoulin fraqueja e Nairo Quintana recupera a maglia rosa

Dumoulin resiste a ataques de Quintana e mantém a maglia rosa

Pierre Roland vence 17ª etapa e Dumoulin segue liderando

 

A fuga do dia se formou no km 15, composta por seis ciclistas: os belgas Dylan Teuns (BMC) e Dries Devenyns (Quick-Step Floors), o holandês Tom-Jelte Slagter (Cannondale–Drapac), o francês Mathieu Ladagnous (FDJ), o italiano Filippo Pozzato (Wilier Triestina-Selle Italia) e o russo Maxim Belkov (Katusha–Alpecin).

Pozzato, Slagter e Teuns foram os primeiros a passar pelo topo da primeira montanha (Ca del Poggio) com 58seg de vantagem sobre o pelotão, por volta do km 37. Já no topo da segunda montanaha (Monte Grappa), por volta do km 123, a liderança estava com o grupo composto por Devenyns, Teuns, Slagter, Ladagnous e o italiano Dario Cataldo (Astana), com vantagem de 2min50 para o pelotão principal.

Último remanescente da fuga, Slager acabou pego pelo pelotão a cerca de 30 km da meta, no início da subida da última montanha da etapa (Foza), quando teve início a emocionante disputa entre os favoritos. O primeiro a atacar foi Nibali, a 23 km da meta. Mas o costarriquenho Andrey Amador (Movistar) tratou de recuperar a roda do italiano, trazendo consigo seu companheiro e líder Nairo Quintana. Dumoulin, Zakarin e Pinot também reagiram e se juntaram a eles pouco depois.

A 21 km da chegada, foi a vez de Zakarin atacar, seguido por Pozzovivo. Ambos então assumiram a liderança escapados. Enquanto isso, Quintana atacou no grupo que vinha logo atrás, e foi seguido por Nibali. Faltando 19km, Pinot se juntou a Quintana e Nibali, enquanto Zakarin e Pozzovivo ainda lideravam escapados. A 15 km da meta, a dupla de líderes tinha pouco menos de 20seg de vantagem sobre Quintana, Nibali e Quintana, enquanto o grupo de Dumoulin – que também contava com o luxemburguês Bob Jungels (Quick Step) e o holandês Bauke Mollema (Trek-Segafredo) – estava 30seg atrás.

Zakarin e Pozzovivo passaram o topo da última montanha (Foza) com menos de 10seg de vantagem para o trio do maglia rosa. Mas a 10 km, o trio alcançou a dupla escapada. Os cinco, então, contavam com uma vantagem de 30seg para o grupo de perseguidores, onde estava Dumoulin, Jungels e Mollema. Os líderes trabalharam juntos para manter a vantagem, sabendo que o contrarrelógio da última etapa beneficiará Dumoulin, por ser sua especialidade. O grupo ainda conseguiu diminuir a vantagem para 19seg a 1 km da meta, mas não foi suficiente para alcançar os líderes. Nos metros finais, o primeiro a atacar foi Pozzovivo, mas Pinot respondeu com um contra-ataque logo na sequência e acabou levando a vitória nessa emocionante etapa.

No domingo (28), na 21ª e última etapa deste 100º Giro d’Italia, o título será decidido num contrarrelógio individual de 29,3 km entre Monza e Milano.

 

 

 

 

 

 

 

 

Classificação da etapa
1. Thibaut Pinot (FRA/FDJ) – 4h57min58
2. Ilnur Zakarin (RUS/Katusha-Alpecin) – idem
3. Vincenzo Nibali (ITA/Bahrain-Merida) – idem
4. Domenico Pozzovivo (ITA/AG2R-La Mondiale) – idem
5. Nairo Quintana (COL/Movistar) – idem
6. Bob Jungels (LUX/Quick Step) – a 15seg
7. Adam Yates (GBR/Orica-Scott) – idem
8. Sébastien Reichenbach (SUI/FDJ) – idem
9. Bauke Mollema (HOL/Trek-Segafredo) – idem
10. Tom Dumoulin (HOL/Sunweb) – idem

 

Classificação geral
1. Nairo Quintana (COL/Movistar) – 90h00min38
2. Vincenzo Nibali (ITA/Bahrain-Merida) – a 39seg
3. Thibaut Pinot (FRA/FDJ) – a 43seg
4. Tom Dumoulin (HOL/Sunweb) – a 53seg
5. Ilnur Zakarin (RUS/Katusha-Alpecin) – a 1min15
6. Domenico Pozzovivo (ITA/AG2R-La Mondiale) – a 1min30
7. Bauke Mollema (HOL/Trek-Segafredo) – a 3min03
8. Adam Yates (GBR/Orica-Scott) – a 6min50
9. Bob Jungels (LUX/Quick Step) – a 7min18
10. Davide Formolo (ITA/Cannondale-Drapac) – a 12min55

 

Confira aqui a classificação completa. 

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!