Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Após pedalar pelado, ciclista processa cidade de Portland

Em 2016, o norte-americano Charles Ziemer participou da World Naked Bike Ride em Portland, no estado norte-americano do Oregon, uma das cidades consideradas mais bike friendly do mundo. A WNBR, ou Pedalada Pelada, reúne ativistas nus (ou com pouca roupa) em luta pelos direitos dos ciclistas. Após o passeio, já à noite, Charles sofreu um acidente e quebrou seu nariz, braço e dois dedos. Ele já estava vestido.

O acidente, no entanto, não foi resultado de um embate com um carro. De acordo com o processo de US$ 566.000 que Charles está movendo contra a cidade, as culpadas pelo ocorrido foram duas ilhas de concreto mal sinalizadas no meio da via.  

As ilhas de concreto que supostamente atrapalharam o caminho de Charles (Foto: Reprodução Oregon Live)

No processo, Charles relatou que as ilhas de concreto são baixas e escuras, sem nenhuma sinalização nem iluminação, o que o fez colidir com elas e cair da bicicleta.

Charles acusa a prefeitura de Portland de negligência por não ter sinalizado o obstáculo, localizado em uma via que é parte de uma “rota ciclística”, de acordo com um artigo do jornal Oregon Live

 

Leia mais

"Last Mile": misturando o pedal com outros transportes

Bike Sampa inaugura nova fase, sem opção gratuita

6 jeitos de estragar seu pedal até o trabalho

 

O acidente aconteceu pouco depois da meia-noite do dia 26 de junho de 2016. Até o momento, o caso ainda não foi atribuído a nenhum representante legal do governo de Portland.

Um representante da procuradoria da cidade explicou ao Oregon Live que a prefeitura não comenta casos em aberto. 

 

Pedalada pelada 

 

Todos os anos, a World Naked Bike Ride leva milhares de ciclistas com pouca ou nenhuma roupa a tomarem as ruas de suas cidades chamando a atenção para sua fragilidade dentro do trânsito urbano.

A ideia é que os corpos pelados chamem a atenção dos veículos motorizados para os ciclistas e pedestres, que muitas vezes são “invisíveis” frente à violência do trânsito.

Organizado oficialmente desde 2004, o evento também tem como bandeiras protestar contra a dependência mundial dos combustíveis fósseis – à qual a bicicleta é ótima alternativa – e a aceitação de diferentes tipos físicos.

Cena da Pedalada Pelada em São Paulo (SP) (Foto: Reprodução Catraca Livre)

A Pedalada Pelada acontece simultaneamente em várias cidades espalhadas pelo mundo. Este ano, você pode pedalar pelado no dia 23 de junho: São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Belo Horizonte e Florianópolis já aderiram ao movimento – a nudez parcial ou total é incentivada, mas não obrigatória. 

 

 

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!