Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Ciclovia ameaçada por prefeitura tem índice recorde de jovens e idosos

Foto: Ciclocidade

A Ciclocidade, Associação dos Ciclistas Urbanos de São Paulo, divulgou em parceria com o coletivo Bike Zona Leste um relatório da contagem de ciclistas em uma ciclovia da Av. dos Metalúrgicos, em frente ao terminal de ônibus Cidade Tiradentes, na extrema Zona Leste de São Paulo. O estudo apontou um número surpreendente de jovens e idosos que utilizam o transporte via bike no local, que está ameaçado de ser retirado pela prefeitura da capital.

Dos 580 ciclistas que passaram das 6h às 20h, 22% eram crianças ou adolescentes. Anteriormente, o maior percentual destas faixas etária havia sido na esquina da Avenida Imperador com a Águia da Haia, também na Zona Leste: 8,3% de jovens. O índice de idosos no local também foi o maior já observado pela Ciclocidade: 6%.

A ciclovia fica ao lado da Praça Multiuso Cidade Tiradentes que conta com wi-fi grátis. Próximas a ela, também ficam uma escola estadual, duas escolas municipais, uma escola técnica e um centro educacional, o que explicaria, em parte, o grande número de jovens.

 

Leia mais

10 dicas para pedalar na cidade

A bike como meio de transporte viável em São Paulo

Bicicletadas em prol das ciclovias paulistanas

 

O estudo apontou pico de ciclistas entre 13h e 15h. Ao todo, a média foi de 41 ciclistas por hora. Majoritariamente, o fluxo era regional, com poucas pessoas indo para direções mais centrais – até porque o marco zero de São Paulo, na Praça da Sé, está a 30km de lá. A ida ao terminal Cidade Tiradentes ou a volta dele eram os trajetos mais comuns – a estrutura conta com um bicicletário 

Durante o período, na pista, foram observados também skatistas, cadeirantes e até cavalos. O número de mulheres é significativamente menor: apenas 3%, 17 dos 580. 94% do total usava capacete, mas 96% não tinha iluminação em suas bikes, mesmo em períodos noturnos.

Esse trecho da ciclovia é um dos que está sendo ameaçado de ser retirado pela atual gestão do prefeito de São Paulo, João Doria. Em abril, o prefeito disse que as periferias seriam as que mais sofreriam cortes de ciclovias, já que, segundo ele, elas “não têm ciclistas”. A audiência pública para discutir o local em questão está marcada para o próximo 10 de julho.

 

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

Compartilhe por email!