Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Yellow: sistema de bike sem estação começa a operar em São Paulo

Foto: Foto: Divulgação

O novo serviço de compartilhamento de bicicletas Yellow Bike começou a operar nesta quinta-feira, em São Paulo. As bicicletas não ficam presas a estações, mas soltas nas calçadas das zonas Sul, Oeste e centro expandido, em um sistema conhecido internacionalmente como “dockless”.

Para usar, basta desbloquear o cadeado, travado manualmente, por meio de um app disponível para iOS e Android. O aplicativo oficial do sistema é também a maneira utilizada para encontrar a Yellow mais próxima, já que não há locais fixos para deixar as bicicletas.

Esse modelo é novidade em São Paulo, mas já é comum em cidades da Europa, Estados Unidos e China. Nas primeiras semanas de operação, a empresa deve utilizar carros para deixar bicicletas disponíveis nas regiões de maior movimento, mas a expectativa da Yellow, que pretende colocar 20 mil bikes nas ruas até o fim do ano, é que o fluxo de usuários distribua naturalmente os equipamentos.

O serviço tem custo de R$ 1 a cada 15 minutos de uso.O usuário pode acrescentar créditos de R$ 5 a R$ 40 ao app. A ideia é que as bikes sejam usadas para deslocamentos de até 2 km, geralmente em complemento a outros modais de transporte, como o metrô.

Os criadores da Yellow Bike, que recebeu investimentos de R$ 50 milhões, são Eduardo Musa, ex-presidente da Caloi, e os empresários Renato Freitas e Ariel Lambrecht. Ambos são cofundadores do aplicativo 99 Táxis. 

 

Leia mais

Como ir de bicicleta para o trabalho: um guia completo para você começar

Cinco razões para dar uma chance às bicicletas elétricas

Como conviver em ciclovias compartilhadas

 

De acordo com Lambretch, medidas antifurtos já foram tomadas.  O material do quadro é o aço, menos buscado por ladrões pela dificuldade de ser vendido. Selim, parafusos e porcas possuem um alarme, e quando alguém tenta retirá-los, a central é informada. Além disso tudo, não há marchas, o que também diminui o valor da bicicleta.

 “Nessa primeira fase estamos colocando 500 bicicletas à disposição na cidade”, diz o diretor de marketing da empresa, Luiz Felipe Marques, reforçando que as duas primeiras semanas são um período piloto. Acrescenta que pretendem triplicar o número de bicicletas ao fim desse tempo, e disponibilizar 20 mil até o fim deste ano.

Como baixar o app Yellow

Android

Clique aqui

IOS

Clique aqui

 

 

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!