Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Strava revela novo mapa mundial de atividades

Foto: Reprodução

O Strava, aplicativo que registra atividade de atletas, divulgou uma nova versão de seu mapa de calor, montado a partir das informações de seus usuários. Mais de um bilhão de atividades foram contabilizadas na nova plataforma, que usa um sistema intuitivo de brilho para mostrar as zonas com mais movimentação. Os números utilizados para montar o mapa de calor do Strava incluem ainda três trilhões de coordenadas geográficas, 27 bilhões de quilômetros percorridos e mais de 200 mil horas de uso do programa.

Disponível no site oficial do aplicativo, o sistema consegue diferenciar ciclistas de corredores, escaladores de montanha e nadadores, permitindo algumas análises sobre a popularidade de cada modalidade. No Brasil, o maior “brilho” está em São Paulo, principalmente no bairro do Butantã, próximo ao campus da USP.

Strava

Uma praça da Universidade é reconhecida mundialmente como o local mais ativo no Strava e chamou a atenção dos idealizadores do projeto, que visitaram o local numa passagem recente pelo Brasil. No mapa de calor, a Bolinha se destaca mesmo estando numa área de alta popularidade. Segundo os ciclistas, a similaridade daquela rota a um velódromo é o seu maior atrativo, além da Cidade Universitária não ter um grande número de carros circulando.

Outras curiosidades ainda são perceptíveis no mapa de calor do Strava, como a baixa adesão na África e a grande luminância da Europa, onde quase não há pontos escuros. Com alguma paciência, é possível encontrar até uma subida ao Monte Everest e algumas poucas atividades registradas na Antártida.

A primeira versão do mapa foi lançada em 2015, mas a nova atualização inseriu seis vezes mais dados, além da programação estar muito mais completa e acessível para os usuários.

“Os maiores destaques são o dobro de resolução, atividade de rastreio por caminhos ao invés de pontos, e uma técnica de normalização melhorada que garante uma visualização mais rica e bonita”, diz Drew Robb, um dos engenheiros do aplicativo.

 

Leia mais

Competitividade brasileira e mobilidade: o que pensam os executivos do Strava?

Corredor transforma treino em desenhos natalinos no Strava

Como fazer treinos curtos para provas longas de bike

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

Compartilhe por email!