Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Como regular a suspensão da bicicleta

Foto: Shutterstock

Além de oferecer conforto, a suspensão é um componente fundamental no desempenho e na segurança da bike. Com as dicas a seguir, você aprenderá o básico para regular a suspensão da bicicleta e aproveitar da melhor maneira este recurso.

Antes de qualquer coisa, é preciso entender como funcionam os três recursos presentes na maioria dos modelos do mercado.

Pré-carga

Essa regulagem altera a resistência à compressão da suspensão, como se deixasse sua mola mais dura. Nas suspensões a ar, isso é realizado introduzindo mais pressão no sistema. Nas com molas, um parafuso comprime a mola aumentando sua rigidez.

Compressão

É um recurso que reduz a velocidade da suspensão quando ela atinge um buraco. Este efeito costuma ser alcançado fazendo óleo passar por pequenos furos no interior do componente – ao modificar o ajuste, modificamos o tamanho desses orifícios, dificultando ou facilitando a passagem do óleo.

Quanto maior for esta resistência, menos a suspensão será comprimida em impactos. Porém, se você exagerar, vai terminar com um funcionamento áspero, desconfortável e com baixa capacidade de leitura de terreno.

Normalmente, esta regulagem é feita girando-se um botão que possui “clicks” no sentido horário ou anti-horário. A maioria das suspensões utilizam sinais + e – indicando o sentido correto para aumentar ou reduzir a resistência ao movimento.

Algumas suspensões são equipadas com controles de compressão de alta e baixa velocidade. Este recurso permite separar o funcionamento da compressão entre impactos grandes (alta velocidade) e pequenos (baixa velocidade).

Retorno

Esta regulagem funciona com o mesmo princípio da compressão, porém afeta somente a velocidade que a suspensão estende-se depois de um impacto. Com ela, evita-se que o curso volte ao ponto inicial muito rapidamente depois de impactos grandes, o que dá a sensação de ser “ejetado” da bicicleta e faz o pneu perder contato com o solo.

Porém, se você exagerar, a suspensão não terá tempo de retornar em impactos consecutivos, podendo resultar em pancadas no fim de curso com mais facilidade.

Assim como a regulagem de compressão, a de retorno também é feita utilizando-se um botão giratório com clicks.

Como regular a suspensão da bicicleta

Ajuste a pré-carga

Este passo é fundamental e deve ser realizando obrigatoriamente antes dos outros dois.

Com a bicicleta encostada em uma parede ou com alguém segurando, suba no banco e assuma a posição de pedalar sem realizar nenhum movimento brusco. Depois, também sem movimentos bruscos, desça da bicicleta.

O objetivo é verificar o quanto a suspensão comprime-se com o peso do ciclista – este valor chama-se Sag. Na maioria das suspensões, o Sag recomendado é de 25% – em um garfo de 100mm, isso equivale a 25mm.

Para medir com precisão, encoste o o-ring de borracha que vem em alguns garfos na base e meça o quanto ele subiu.Se sua suspensão não tiver o o-ring, um simples cinta hellerman colocada ao redor da haste da suspensão pode servir como ponto de medição – não se esqueça de retirá-la depois de medir para não danificar a haste.

Se a suspensão desceu mais do que 25% com o seu peso, aumente a pressão do ar de 10 em 10 libras até atingir o valor recomendado. Faça o contrário se a suspensão não cedeu o suficiente.

Em suspensões com molas metálicas, gire o parafuso de pré-carga para + ou para – até obter o sag desejado. Algumas suspensões possuem uma tabela com peso do ciclista e pressão recomendada. Embora não seja perfeito, esse valor serve como ponto de partida.

Retorno

Para encontrar um bom primeiro acerto da regulagem de retorno, desça uma guia com o peso sobre a suspensão e o botão de regulagem no mínimo.

Com isso, a suspensão retornará em alta velocidade, jogando seu corpo para cima. De clique em clique, reduza a velocidade do retorno até que você não sinta mais este efeito.

Compressão

A regulagem de compressão pode ser um pouco mais complexa, já que conseguir um bom acerto envolve sair para pedalar. A dica é deixar a regulagem no meio e prestar atenção no que você sente andando com a bicicleta.

Se a frente afundar demais em frenagens, drops e o fim de curso for frequente, aumente a resistência de compressão. Por outro lado, se você estiver sentindo demais os impactos, principalmente os buracos mais “quadrados”, reduza a resistência de compressão.

Continue testando

Com os passos acima, você terá um ótimo ponto de partida para sua regulagem de suspensão. Porém, vale lembrar que trilhas e ciclistas diferentes requerem ajustes diferentes.

Por isso, o grande segredo para obter o acerto ideal é seguir testando, sempre com o máximo de critério possível.

Uma boa dica é repetir o mesmo trecho e mudar apenas uma regulagem por vez. Com isso, você mantém a repetibilidade dos testes e evita confusões com os efeitos que cada uma das mudanças causou no comportamento da bike.

Por Gustavo Figueiredo

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

Compartilhe por email!