Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Depilação no ciclismo: 5 motivos para fazer (ou não)

Assunto que sempre gera discussão entre os adeptos do esporte, as razões que levam os atletas a adotar a depilação no ciclismo vão além da questão da vaidade ou da performance aerodinâmica. Confira abaixo os cinco principais motivos pelos quais os ciclistas costumam raspar as pernas:

Tradição

Depilar as pernas é uma tradição entre os ciclistas profissionais que já dura mais de 100 anos. É uma marca registrada entre seus praticantes, que também conota sua devoção ao esporte. Simboliza ainda um ritual de preparação para as provas, que pode ser comparado aos índios que pintam o corpo antes de ir para a guerra.

Aerodinâmica

Durante muito tempo, o benefício aerodinâmico da depilação no ciclismo foi considerado insignificante ou mesmo um mito. Até que, em 2014, a marca norte-americana Specialized resolveu realizar alguns testes em seu túnel de vento para tirar a prova sobre a questão. O estudo envolveu ciclistas peludos – uns mais, outros menos -, cujo desempenho foi testado no túnel antes e depois de depilarem as pernas. O resultado indicou que, depilados, os atletas tornaram-se em média 70 segundos mais rápidos num percurso de 40 km. Dentre os ciclistas mais cabeludos, no mesmo trajeto, essa vantagem chegou a 82 segundos (confira o vídeo sobre o teste).

 

Leia mais

Como ganhar mais aerodinâmica na bike

Qual o melhor custo-benefício para tornar a bike mais veloz?

Dicas para melhorar a técnica de descida na estrada

 

Lesões

As quedas no ciclismo são muito comuns, de modo que raspões, arranhões e esfolados também tornaram-se marca registrada dos praticantes do esporte. E o principal alvo dessas escoriações costumam ser as pernas. Nessas situações, a depilação acaba sendo benéfica para o tratamento dos machucados. Sem pelos, fica mais fácil limpar a ferida e a recuperação se torna mais rápida, visto que diminui as chances de infecção por conta dos cabelos ou da sujeira no local.

Massagem

Muitos ciclistas costumam lançar mão de sessões de massagem nas pernas para acelerar a recuperação da musculatura após uma competição ou treinamentos mais intensos. Sem os pelos, fica mais fácil realizar a massagem, assim como mais agradável (para o próprio ciclista). A depilação facilita ainda a aplicação dos óleos usados na prática – benefício também válido na hora de passar o protetor solar.

Autoestima

As pernas depiladas ressaltam o tônus muscular conquistado com trabalho duro em intermináveis horas de treino. Por mais que esse aspecto pareça estar relacionado com a vaidade, não deixa de ser um reconhecimento do nível de preparação do atleta, uma forma de transparecer os frutos do seu trabalho. Isso corrobora para elevar a autoestima do ciclista, o que psicologicamente influirá de forma positiva em seu desempenho. Além do que, muitas mulheres apreciam homens com pernas depiladas. E se sua namorada também é ciclista, pode estar certo de que ela vai gostar.

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

Compartilhe por email!