Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

Tour de France 2017: veja os 10 favoritos

No próximo dia 1º de julho, em Düsseldorf, na Alemanha, será dada a largada para a 104ª edição do Tour de France. Reunindo quase 200 ciclistas de 22 equipes diferentes, a prova é a mais antiga e famosa do UCI World Tour, o circuito mundial da União Ciclística Internacional.

Começando na Alemanha e passando por Bélgica e Luxemburgo, o circuito tem 21 etapas e aproximadamente 3.200 km. A chegada está marcada para o dia 23 de julho, na conhecida Avenida Champs-Élysées, ponto turístico da cidade de Paris, capital francesa.

Confira abaixo uma análise feita pelo Cycling News, conhecido site internacional sobre ciclismo, apontando quais são os 10 ciclistas com maior chance de vencer o Tour de France 2017.

1 – Richie Porte (BMC Racing)

Quinto colocado no ano passado, o australiano surge como forte candidato a levar o Tour deste ano. Porte parecia quase imbatível para seus concorrentes até o final da corrida de Daphiné, na França, ocorrida no início deste mês, mas acabou perdendo a liderança geral na última etapa para Jacob Fuglsang. Mesmo sem o título, Porte ainda promete entrar brigando pelo lugar mais alto do pódio em Paris.

2 – Chris Froome (Team Sky)

Atual campeão, Froome ainda é um dos ciclistas mais respeitados e teve momentos de brilho durante o circuito de Daphiné, mas não foi páreo para Richie Porte, especialmente nas etapas de montanha. Já há um tempo não é um atleta invencível – suas performances recentes, inclusive, têm deixado sua equipe preocupada. Froome ainda assim aparece entre os destaques para o Tour de France, lutando pelo bicampeonato.

3 – Nairo Quintana (Movistar)

Com uma boa reputação dentro de sua equipe, o colombiano de 27 anos fixa suas esperanças de surpreender durante o Tour na atual fase decepcionante de Froome e na derrota no fim de Porte em Daphiné. Ano passado, Quintana chegou em terceiro lugar no Tour de France.

4 – Alberto Contador (Trek Segafredo)

Contador não esteve bem em Daphiné, o que torna difícil de prever como será seu desempenho no Tour de France. No entanto, a ousadia, os ataques de tirar o fôlego e a fama do espanhol de 34 anos o colocam como um dos favoritos antes da corrida. Em 2016, o ciclista da Trek sequer chegou entre os 10 primeiros.

 

Leia mais

"Contador sempre será o campeão do Tour 2010"

"As etapas são longas, difíceis e perigosas"

“O Tour acabou”, diz Lance Armstrong

 

5 – Dan Martin (Quick-Step Floors)

O irlandês, que terminou Daphiné em 2º lugar, aparece entre os 5 competidores favoritos pela boa ascensão que vem tendo nessa temporada, disposto a atacar os primeiros colocados. Martin terminou o Tour de France de 2016 em 9º lugar.

6 – Alejandro Valverde (Movistar)

Sem correr há mais de 2 meses, o espanhol de 37 anos também aparece como uma incógnita antes do Tour deste ano. No entanto, o entusiasmo de Valverde o coloca em posição de brigar pelos primeiros lugares; afinal, no Liège-Bastogne-Liège de abril, ele foi o vencedor. Em 2016, chegou na 6ª posição em Paris.

7 – Romain Bardet (AG2R La Mondiale)

Segundo colocado no Tour de France da última temporada, Bardet está estabilizado e disciplinado o suficiente para conseguir outro bom resultado na corrida mais famosa do ano. Seu desempenho nas montanhas é animador e, apesar de ainda ter que melhorar antes da largada em Düsseldorf, o francês possui uma expectativa considerável em suas costas.

8 – Fabio Aru (Astana Team)

O quinto lugar em Daphiné deu um ânimo a mais para o italiano de 26 anos, que não competia desde o começo de março. Sua consistência ao final do último circuito foi o suficiente para colocá-lo entre os destacáveis antes do Tour de France. Porém, suas memórias recentes da França não são muito boas: Aru esteve longe dos primeiros colocados na edição de 2016 do Tour.

9 – Louis Meintjes (UAE Emirates) 

Outro que tem como ponto forte seu desempenho nas etapas de montanha, o sul-africano de 25 anos parece estar atingindo seu auge da temporada na hora certa para brigar entre os primeiros no famoso circuito ciclístico. Em 2016, Meintjes chegou na oitava colocação em Paris.

10 – Jakob Fuglsang (Astana Team)

Não dá para deixar o vencedor de Daphiné fora da lista. Depois de um desempenho impecável na última corrida, superando Richie Porte, o suíço naturalizado dinamarquês de 32 anos viu sua confiança aumentar proporcionalmente à expectativa em cima da sua participação. É importante ressaltar, no entanto, que Fuglsang teve a maior vitória de sua carreira em Daphiné; logo, não tem um histórico de favorito – em 2016, terminou o Tour de France na 128ª posição.

Calendário

Encontre um evento de bike perto de você!

Compartilhe por email!
[i]
[i]