Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

O grande desafio de garantir o sucesso dos treinos

Foto: Shutterstock

 Inverno, frio, chuva, trabalho, stress, arrumar a casa, cuidar dos filhos, preguiça… sempre existe alguma coisa no caminho pedindo para desviar a atenção do treino para algo mais -fácil- e aparentemente mais agradável de fazer. Talvez não agradável, mas que certamente requer menos esforço.

Treinar qualquer tipo de esporte é uma opção. Uma opção que o amante do esporte se depara todos os dias. Há dias em que o treino é uma benção, algo dos deuses que vem para distrair a cabeça, fortalecer o corpo e trazer a felicidade e satisfação eternas.

Há dias, porém, em que tudo parece -conspirar- para o treino não sair. Uma dor no pé, uma ida ao banco, o filho que pede colo, a roupa que tem que ser lavada, a reunião até tarde, o cansaço, a preguiça, e a conseqüente insatisfação e mau humor.
Encontrar obstáculos para sair de casa e treinar é fácil, achar que o treino não rendeu porque estava frio, ou porque o tênis era ruim, é fácil. Encontrar o que você tem feito para garantir o sucesso dos seus treinos é um grande desafio. E desafios são para atletas.

Talvez o maior desafio que um atleta (de qualquer nível) se depara é justamente ele mesmo. Até onde ele pode ir? Qual é o seu limite? O quanto ele consegue ir mais um pouquinho, mais rápido, mais forte, mais intenso.

Trazer para você a responsabilidade do que você faz é mais importante do que parece ser. Assumir a responsabilidade pelos seus resultados significa assumir comando da sua vida e decidir aonde você quer chegar. Fracasso? Não existe. O que existe são resultados diferentes do que você esperava. E se o que você está fazendo não está trazendo o resultado esperado, faça algo diferente!

Organize sua vida, trace objetivos. Objetivos nos ajudam a tirar os obstáculos do caminho e olhar para uma direção clara e simples. Avaliar seu rendimento também é importante. O que você tem conseguido alcançar? O quanto tem conseguido treinar? O quanto tem conseguido render nestes treinos?

É satisfatório? Pode fazer mais? O que fazer para conseguir ir além disso?

A resposta está em você. Procure dentro de você os recursos que você tem para alcançar melhores resultados: suas características e qualidades pessoais. Arrumar a casa, observar, avaliar, reconsiderar, reorganizar e partir para a ação. Tudo é possível, e só depende de você. Lembre-se, na hora do -vamos ver- é você que vai estar lá suando e fazendo força, mais ninguém! Faça isso por você!

Um abraço à todos.

Daniela Schramm Szenészi, que assina esta coluna, é psicóloga formada pela Universidade Federal de Santa Catarina, com Mestrado também pela UFSC com a dissertação “Hipnose em triatletas: percepção das características da visualização da prova Ironman e seus aspectos psicofisiológicos”. Daniela está escrevendo uma monografia para a especialização em Fisiologia do Esporte na UFSC sobre estresse em triatletas. Também tem experiência no atendimento em consultório de atletas profissionais e amadores, como a bicampeã mundial de bodyboard, Soraia Rocha, e o hexacampeão mundial da mesma modalidade, Guilherme Tâmega. Atua também como consultora de equipes (Mormaii, Floripairon) e clubes, além de ministrar palestras sobre Psicologia do Esporte, com trabalhos publicados nesta área em diversos Congressos e Publicações especializadas.
daniela.psiesporte@gmail.com

Clube O2

Clube O2 + Mochila de Hidratação!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!