Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Dicas para melhorar sua técnica de descida no MTB

As situações na prática do mountain bike são as mais diversas e cada uma pede um posicionamento e cuidados diferentes para que o atleta consiga manter o equilíbrio e o controle da bicicleta. Além de facilitar a transposição dos obstáculos, esses artifícios também são importantes para evitar acidentes. Isso vale principalmente quando há descida no MTB, ainda mais quando o terreno for muito técnico. Para dar dicas sobre o assunto, conversamos com Hugo Prado Neto, diretor da OCE Consultoria Esportiva e um dos principais atletas de mountain bike do País em provas por etapas.

 

Descidas mais técnicas

Em descidas mais técnicas, como drops, escadarias, pedras e terrenos mais íngremes em geral, a dica é colocar mais peso na traseira da bike, esticando os braços e posicionando o quadril atrás do selim. Não precisa ser muito exagerado, mas o suficiente para não correr o risco de a bike virar quando for uma descida muito íngreme ou uma escadaria.

 

Descidas em estradões

Para quem gosta de usar a técnica de ciclismo de estrada (speed), deve-se abaixar o corpo, deixando-o mais próximo ao tubo superior do quadro da bike, para ganhar aerodinâmica e cortar o vento. Ao mesmo tempo, é importante não deixar os membros superiores travados, nem relaxados demais, estando preparado para qualquer obstáculo que encontre a sua frente.

 

Leia mais

Dicas de como melhorar a potência no MTB

Como dominar a técnica de frenagem no MTB

Alimentação no ciclismo: o que comer em cima da bike

 

Escadaria

Para quem tem pouca técnica, ao descer escadarias, o melhor é manter uma boa velocidade. Descer rápido pode até dar mais medo, mas querer controlar a velocidade pode ser mais perigoso.

 

Velocidade

Para toda descida há uma velocidade ideal. Isso é um conhecimento que o biker só adquire com experiência e prática no esporte. O importante é lembrar que quanto menor a velocidade, mais difícil manter o equilíbrio — logo, a possibilidade de queda é maior. Desacelerar também provoca desequilíbrio, por isso a dica é manter uma velocidade boa e constante.

 

Frenagem

Em 95% das situações não se deve acionar o freio a ponto de travá-lo — principalmente se for hidráulico. Na descida, o ideal é controlar a frenagem o suficiente para não deixar a bike derrapar, mas sem perder muita velocidade — assim manterá o equilíbrio e não precisará fazer a retomada depois.

 

Escrita por Viviane Favery

Clube O2

Faça parte do Clube O2 e leve uma Mochila de Hidratação!

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!