Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Como se acostumar a correr em climas úmidos

Marcada para uma época em que as temperaturas são agradáveis no Rio, no dia 4 de agosto, a etapa carioca do Circuito Banco do Brasil de corrida não apresenta grandes desafios climáticos para os participantes. A umidade, na opinião do treinador Bernardo Tillmann, da assessoria Tribus, talvez seja o principal adversário.

“O clima é sempre úmido nessa época. É importante reforçar a hidratação durante a semana com água, água de coco e isotônicos”, recomenda.

Jogar água gelada na cabeça e molhar a nuca são atitudes aconselhadas. Apanhar algumas pedras de gelo dos postos de hidratação e colocar dentro da camisa pode reduzir os danos causados pela umidade.

Acostumar o corpo correndo em ambientes úmidos durante a fase de preparação é uma sugestão do professor de Educação Física e corredor Matheus Sacchetto.

Com a umidade relativa do ar elevada, o suor encontra dificuldades para sair dos poros da pele. A transpiração até ocorre, mas não chega a cumprir a função de resfriar o corpo.

Leia mais

Rio de Janeiro: como o mate e o açaí podem ajudar os corredores

Os melhores lugares para correr no Rio

Circuito Banco do Brasil leva corrida para todo o País

Correr sob uma temperatura de 31ºC com umidade relativa do ar a 40% não implica em mudança na sensação térmica. Porém, com a umidade a 70%, a sensação térmica pode chegar a 37ºC.

O organismo bem treinado, acostumado aos desafios do clima, consegue ser mais eficiente e antecipa o aumento da temperatura central do corpo.

Diversas alterações internas se processam simultaneamente, como a composição do sangue e o desenvolvimento de maior capacidade de conservar sódio.

Com dificuldades para suar, o corpo fará com que o fluxo sanguíneo se concentre nos órgãos vitais, prejudicando os demais. A frequência cardíaca se eleva e a respiração fica irregular e superficial, forçando os pulmões a um trabalho extra para fornecer oxigênio a todo o corpo.

Por isso, é importante, se possível, acostumar o corpo a fazer esforço nestas condições ambientais e também manter o organismo resfriado durante toda a prova.

 Preparar-se para as dificuldades é parte importante da rotina de qualquer atleta. Agora que você já sabe como driblar possíveis problemas relacionados à umidade, é só se inscrever no Circuito Banco do Brasil.

Clube O2

Garanta sua jaqueta do Clube O2

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!