Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Dicas para a etapa de Belém do Circuito Banco do Brasil

Marcada para o dia 15 de setembro, a etapa de Belém do Circuito Banco do Brasil vai se desenvolver num dos lugares mais procurados pelos corredores locais para treinos: o Portal da Amazônia.

O percurso é praticamente todo plano, sem grandes variações altimétricas – aliás, como o próprio relevo da capital paraense.

“Nós aqui não temos ladeiras. O que chamamos de subida, por aqui, não é verdadeiramente uma subida, caso saiamos daqui e comparemos com o relevo de Belo Horizonte, de São Paulo. No percurso da prova, tem uma ligeira elevação, mas é bem tranquilo”, diz Elza Leite, treinadora da assessoria La Carrera.

Os grandes desafios de se correr em Belém são o calor e a alta umidade. “Você deve usar roupas leves, com tecido apropriado para corrida. Certamente vai suar muito, e se estiver utilizando roupas com tecido inteligente, que permitem a evaporação do suor, sem dúvida sua performance vai melhorar bastante”, frisa Elza.

É importante também se hidratar corretamente, apanhando água em todos os postos de hidratação fornecidos pela organização. Em dias quentes, vale ainda molhar a nuca, a testa e a cabeça.

Alimentação leve no jantar de véspera e no café da manhã do dia da corrida, além da execução de um ritmo de prova confortável, são as dicas da instrutora de corrida da La Carrera. “Não faça nada diferente daquilo que foi treinado”, adverte.

Tudo isso ajuda o corpo a diminuir os riscos de desidratação. Quando isso acontece, o fluxo sanguíneo se concentra basicamente nos órgãos vitais, prejudicando a atividade dos demais. A frequência cardíaca se eleva e a respiração fica irregular e superficial, obrigando os pulmões a um trabalho extra para fornecer oxigênio.

O corredor que vivenciar uma situação como essas deve interromper a corrida. Se insistir em prosseguir, a temperatura do cérebro deve subir. Nesse caso, o atleta pode perder o controle sobre a mecânica do corpo, correndo risco de prejudicar até as suas habilidades mentais.

Apesar do percurso favorável, os atletas do Circuito Banco do Brasil de Corridas precisam tomar cuidado redobrado com a hidratação. Beba bastante água e não force o ritmo para garantir uma manhã de muito esporte e diversão.

Leia mais

Os melhores lugares para correr em Belém

Como a castanha-do-pará ajuda atletas a se recuperarem dos treinos

Circuito Banco do Brasil leva corrida para todo o País

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!