Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Rapadura, paçoquinha e bolo mole: as alternativas do Ceará para corredores

O famoso gel de carboidrato está caindo em desuso por boa parte dos corredores de Fortaleza, segundo o treinador Anderson Monteiro, proprietário da assessoria esportiva AM. Assim como em outras cidades do Nordeste, muita gente tem optado pela rapadura. Mas na capital cearense, ela ganhou uma concorrente.

“Muita gente está optando pela rapadura e também pela paçoquinha, que tem mais sódio. Boa parte dos corredores aboliu o gel”, diz o profissional. O gel de carboidrato é repelido por parcela dos atletas por ser um pouco difícil de se engolir e um pouco indigesto.

“A paçoquinha e a rapadura são excelentes para proporcionar energia para treinos de tiro e para os longões que fazem as turmas que correm maratona e meia”, atesta Monteiro.

A fruta mais consumida pelos atletas cearenses é mesmo a banana. Ela é rica em potássio, um dos minerais cuja falta é uma das causas do surgimento das câimbras, além do cálcio e do magnésio.

“Muitos dos meus alunos gostam de consumir a banana com aveia e mel, o que já eleva também o estoque de glicose, necessário para oferecer energia”, diz o treinador.

Por falar em glicose, uma bela pedida da culinária cearense é o famoso bolo mole. Também conhecido como bolo baeta e bolo de leite, é uma iguaria que fica a meio caminho entre o bolo e o pudim.

Fazem parte da receita leite condensado, leite integral, farinha de trigo, leite de coco e manteiga. Não se esqueça de correr com certa intensidade depois para queimar as calorias!

Quem der um pulo em Fortaleza especialmente para correr a etapa local do Circuito Banco do Brasil não deve perder a oportunidade de conferir os peixes que abundam no litoral cearense.

Os mais encontrados em restaurantes são o pargo, a cavala, a pescada amarela, o sirigado e o robalo. O peixe possui vitaminas hidrossolúveis, como a niacina, que é importante nas reações químicas que resultam em liberação de energia para a corrida.

Rapadura, paçoquinha, bolo mole, banana, peixes…Opções saudáveis não faltam no cardápio cearense. Por isso, é só montar com cuidado o cardápio e já começar a treinar para o Circuito Banco do Brasil de Corrida!

Leia mais

Os melhores lugares para correr em Fortaleza

Os benefícios da corrida para a saúde a curto, médio e longo prazo

Circuito Banco do Brasil leva corrida para todo o País

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!