Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

6 erros comuns na hora de comprar seu tênis de corrida

Tanto para um novato quanto para um atleta experiente, comprar um novo tênis de corrida é um momento importante. Para Pedro Pontin, médico ortopedista da clínica CareClub, em São Paulo, “qualquer fator que influencie o gesto do movimento da corrida, como a mudança do calçado esportivo, pode desencadear sérios problemas ortopédicos”.

Baseados na consulta feita pela Runner’s World com especialistas americanos no assunto e nas dicas de Pedro, listamos abaixo os erros mais comuns ao comprar um novo tênis.

1. Medo de aumentar seu número

A recomendação feita é que você meça qual o número que calça toda vez que for comprar um novo tênis de corrida. “Pés não ficam menores”, explica Eric Sach, especialista consultado pela Runner’s. “Os músculos do seu pé suportam o peso do seu corpo todo dia, logo, eles ‘crescem’ e não diminuem”. É importante não ter vergonha do tamanho do seu número, não importa qual seja.

2. Pressão dos amigos

Trazer uma companhia para comprar seu tênis de corrida pode te trazer transtornos na hora de escolher. Julgamentos sobre o modelo, a cor ou o tamanho, mesmo que bem intencionados, costumam atrapalhar. “O calçado recomendado para cada indivíduo está relacionado, fundamentalmente, ao conforto que mesmo oferece ao vestir”, comenta Pedro Pontin. É normal cedermos à opinião dos amigos, mas você com certeza sabe melhor sobre o que te serve do que ele.

3. Acreditar demais em críticas e sugestões

Nem sempre você vai achar nas revisões e análises sobre tênis de corrida, sejam elas de “especialistas” ou não, as opiniões mais confiáveis. “Não é porque algo funciona para você que funcionará para todo mundo”, diz Sach. Novamente: você conhece mais seu pé do que qualquer um.

 

 

Leia mais

10 dicas para correr em segurança

10 dicas para quem está começando a correr

20 itens que todo corredor tem em casa

 

 

4. Usar o tênis por muito tempo

Um tênis de corrida costuma durar de 450 a 800 quilômetros. Mas, claro, nem todos possuem um contador de distância no seu calçado. Para Pedro Pontin, “o desgaste do calçado é um fator de risco ao modificar principalmente a mecânica do gesto esportivo, além do prejuízo pela menor capacidade de absorção do impacto”. 

5. Evitar lojas especializadas

É comum que novatos em corrida não estejam dispostos a ir a uma loja especializada em tênis de corrida para testar o calçado. Em vez disso, os corredores preferem o tênis mais barato que acham na primeira loja do shopping ou navegando pela internet. “Procuro sempre indicar que o atleta amador busque o auxílio de profissionais qualificados”, diz Pedro.

6. Acreditar que o tênis será o maior diferencial

O segredo do sucesso está em você, não no tênis que você usa. Procurar um calçado que “conserte” ou mude seu jeito de correr é um erro comum cometido por corredores, que pode resultar em consequências graves. “O uso de tênis inadequado pode causar inflamações tendíneas no tornozelo e no pé, fascite plantar e lesões nos dedos e unhas”. O principal objetivo do tênis de corrida deve ser garantir a melhor experiência possível para o corredor.

Calendário

Encontre um evento de corrida perto de você!

Compartilhe por email!