Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Adolescente quebra perna e é carregado até linha de chegada nos EUA

Foto: Instagram

Nos Estados Unidos, a formação dos atletas começa na escola. Boa parte delas possui grande estrutura de treinamento esportivo e suas competições tem altíssimo nível, o que traz muita atenção da mídia aos jovens. Os holofotes alcançaram o garoto Blake Lewis, estudante de ensino médio em Utah, no último final de semana. Durante o campeonato estadual de cross country, o mais importante do ano, Lewis sofreu uma fratura na tíbia e foi carregado até a linha de chegada pelo colega Sean Rausch.

Nos últimos 400m da prova, ele sentiu uma forte dor na perna mas continuou correndo. Passados mais 200m, ele sentiu seu osso quebrando. O barulho da fratura na tíbia, escutado de longe até pela mãe do competidor, foi seguido pelos gritos de agonia de Lewis, que afirmou nunca ter sentido tamanha dor em entrevista ao KSTU.

Seu colega Sean Rausch correu até ele e o colocou em seus ombros  para levá-lo até a linha de chegada, onde o colocou no chão para que ele pudesse cruzá-la sozinho. Apesar dos berros de Lewis, Rausch diz que estava encorajando o menino durante o sofrimento: “Somos uma família, somos um time, e estamos nisso juntos”.

Infelizmente, as regras do campeonato proíbem que os corredores toquem uns nos outros. Os  dois foram desclassificados, mas Rausch estava convicto de que tomou a decisão correta: “Eu não sou um herói, sou apenas irmão de Blake”.

Rausch, que já está no último ano da escola, não poderá mais participar do estadual de cross country, e terá somente mais uma prova no Arizona antes de se formar. Lewis, no penúltimo, ainda terá mais chances caso consiga se recuperar bem. 

 

Leia mais

Canelite: a lesão dos corredores

Lesão de corredor: reconheça quando o problema está chegando

Clube O2

Garanta sua jaqueta do Clube O2

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!