Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Brasileiros dominam Maratona do Rio de Janeiro

Nem os quenianos, nem a dor conseguiram evitar que os brasileiros vencessem a Maratona Caixa Cidade do Rio de Janeiro, disputada neste domingo (28). A chuva deu uma trégua e o sol ajudou no triunfo dos donos da casa. Em sua primeira participação na prova, Marcos Antônio Pereira completou os 42km em 2h17min11, impedindo que os maratonistas do Quênia mudassem  a escrita da prova. Desde 2003 nenhum estrangeiro saiu vencedor. A equipe do ativo.com acompanhou o evento e registrou as imagens dos participantes, que estarão disponíveis on-line em breve.

Entre as mulheres, Marizete de Paula levou a melhor: 2h42min46. A prova bateu recorde de participantes, com 15.400 corredores. A equipe do ativo.com acompanhou o evento e registrou as imagens dos participantes, que estarão disponíveis on-line em breve.

“Foi a vitória mais importante da minha carreira em 18 anos. Eu estava bastante cansado, sentindo dor e vinha treinando em Itamonte, com cinco graus negativos. Mas vi os quenianos ali na frente e o público me empurrando. Aquele espírito entrou em mim e consegui superar tudo. Nunca tinha participado da Maratona do Rio. Esse percurso é o mais bonito que conheço”, comemorava Marcos Antônio, que tratou logo de pegar o telefone e ligar para a mãe, que mora em Garanhuns (PE).

O brasileiro  se manteve na liderança até o quilômetro 15 quando foi ultrapassado pelos quenianos Willy Kongogo Kimutai e Cheruiyot Robert Kiprotich. A disputa entre os três permaneceu até a subida da Niemeyer, altura do quilômetro 25. A partir deste momento, os dois atletas do Quênia começaram a abrir vantagem sobre o brasileiro. A situação seguiu a mesma até que restando 3km para o fim da prova, Marcos Antônio voltou a se aproximar dos líderes. Nos últimos metros, conseguiu a vitória.

“Disputo a maior parte das competições na Europa e senti muito o calor e a umidade. Infelizmente nos últimos metros não deu para segurar o brasileiro. O mais incrível é que ouvi de vários cariocas que hoje não está quente”, disse o vice-campeão Willy Kongogo.

Em sua terceira participação na prova, Marizete de Paula finalmente subiu ao lugar mais alto do pódio depois do terceiro lugar em 2000 e 2006. “Ainda não estou no melhor da minha forma e foi uma surpresa essa vitória. Até a metade da prova estava correndo para terminar em 2h40min, mas consegui abrir uma vantagem e acabei trabalhando para segurar apenas a vitória, que era o mais importante”.

Meia-maratona

Na elite, Edielza Guimarães, vice-campeã na maratona de 2008, encarou a Meia e venceu desta vez. Ao longo do percurso, ela revezou a liderança com Marcia Narloch. “Fiquei muito feliz. Foi uma prova excelente e muito dura. Foi uma briga boa com a Marcia”, disse Edielza.

No masculino, o mineiro William Cardoso ficou com o título ao superar o queniano  Emanuel Kipkemei Bett. “Nem acreditei nessa vitória. O queniano é muito forte, mas quando vi que dava para acelerar no último quilômetro fui com tudo”, comemorava William. 

Na Family Run os vencedores foram Marcio Souza (17min39) e Maria Aparecida Angelo (22min57).   
 
Revezamento Olímpico

Sem esconder o olho comprido na pista, Vanderlei Cordeiro de Lima, medalhista de bronze na Olimpíada de Atenas-2004, confessava a saudade de correr, mas não escondeu a alegria ao abrir e fechar o revezamento  formado por Nelson Prudêncio,  Jackie Silva, Nalbert, Miguel Angelo da Luz, Bruno Prada, Adriana Samuel, Ciro Delgado, Paulinho Villas-Boas, Sebastian Pereira e Marcus Vinícius Freire em apoio a campanha do Rio a sede dos  Jogos de 2016.

Ao longo do percurso de 6km, 11 expoentes do esporte deveriam correr 500m, cabendo a Vanderlei o total de 1km. Alguns deles decidiram correr mais que o combinado.

“Foi uma corrida gostosa, com muita responsabilidade porque queremos trazer a Olimpíada para cá. É gratificante ver a reverência do público e a valorização de nosso trabalho. Dá saudade de competir, mas a minha fase agora é diferente. Ainda vou participar de algumas corridas, mas sem a obrigação de conquistar resultados”, afirmou Vanderlei, que tirou conversou com anônimos e tirou fotos antes da largada.

Medalha de prata na classe star ao lado de Robert Scheidt na Olimpíada de Pequim-2008, o velejador Bruno Prada foi além dos 500m que temia completar com dificuldade.

“Todo mundo se empolgou no caminho. Todos decidiram correr juntos e acabei fazendo mais da metade dos 6km. Foi muito bom correr ao lado de um ídolo como Vanderlei. Estamos na briga por essa Olimpíada”, disse Bruno.

Prata nos Jogos de México-68 e bronze em Munique-72, Nelson Prudêncio, um dos maiores nomes da história do salto triplo, também venceu limites.“Eu ia correr só 500m, mas valeu a pena passar. Esperamos muito que os Jogos venham para o Rio. É um anseio da população e a oportunidade de conhecer novos esportes. Como disse Martin Luther King: I have a dream (Eu tenho um sonho)”.

O sonho de tantos outros era completar a Meia-Maratona e a Family Run. O campeão olímpico do vôlei, Tande, comemorava a sua evolução nos 21km. O cantor Tico Santa Cruz quer um novo desafio para a próxima edição: completar a maratona. Famílias inteiras, pessoas de diferentes idades e um corredor que fez o percurso todo de costas, comemoravam o simples fato de vencer os 6km. 

MARATONA

Masculino

1- Marcos Antônio Pereira – 2h17min11
2- Willy Kongogo Kimutai – 2h17min24
3- Marcos Alexandre Elias- 2h18min26s
4- Cheruiyot Robert Kiprotich – 2h19min11
5- Adriano Bastos – 2h20min15

Feminino

1- Marizete de Paula – 2h42min46
2- Idailda dos Santos – 2h45min15s
3- Conceição Maria Carvalho – 2h47min01
4- Marluce Queiroz Ferreira – 2h47min59
5- Elizabeth Esteves de Souza – 2h52min14

MEIA-MARATONA

Masculino

1- William Gomes – 1h05min54
2- Emmanuel Ibett – 1h05min57
3- José Paul Ávila – 1h06min46
4- José Cicero Eloy – 1h06min57
5- Edmilson Santana – 1h07min04

Feminino

1 – Edileuza Guimarães – 1h16min31
2- Marcia Narloch – 1h1 6min41
3 – Ednah Mukhwana – 1h19min21
4 – Gisele Barros – 1h20min44
5 – Maria Jesus Lima – 1h24min43

FAMILY RUN

Masculino

1- Marcio Souza – 17min39
2- Lourival Libano – 17min48
3- Sandro Melo Souza – 18min16
4- Amauri José dos Santos Junior – 18min29
5- Marcos Antonio Quintanilha – 18min40

Feminino

1- Maria Aparecida Angelo – 22min57
2- Maria das Graças Moreira – 23min44
3- Andrressa de Mesquita – 24min01
4- Jessica Mello Kalbermatter – 25min12
5- Ana Paula de Souza – 26min32

Confira algumas imagens da prova (fotos: Ricardo Zinner)

 


 

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!