Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Eliud Kipchoge bate recorde mundial na Maratona de Berlim

Milhares de pessoas participaram da Maratona de Berlim neste domingo, e uma delas brilhou mais do que todos os pelotões de corredores: Eliud Kipchoge mostrou a que veio e bateu o recorde mundial na Major.

O atleta queniano cruzou a linha de chegada em 2h01min39s e desbancou Dennis Kimetto, que era detentor da marca desde 2014, com 2h02min57s. Eliud Kipchoge chegou com folga em relação ao segundo e terceiro lugares, dos também quenianos Amos Kipruto (2h06min23s) e Wilson Kipsang (2h06min48s). Shogo Nakamura, do Japão, ficou em quarto lugar (2h08min16s) e o eritreu Zersenay Tadese (2h08min46s) ganhou a quinta posição.

Com esse recorde histórico, Kipchoge torna-se tricampeão da Maratona de Berlim, a qual ganhou no ano passado e em 2015. O mais impressionante nesta edição é que o atleta desbravou quase todo o percurso por pelo menos 20 segundos abaixo do recorde mundial. Eliud Kipchoge já havia tentado outros desafios ousados, como sua participação no projeto Breaking2 da Nike, cujo objetivo era tentar correr uma maratona abaixo de 2h e por pouco não o fez. Zersenay Tadese, o corredor que ficou em quinto lugar e é um fenônemo na meia-maratona, fez parte do projeto da marca americana, mas ficou mais longe de alcançar a meta. 

As parciais de Eliud Kipchoge

E aí, você já chegou perto de fazer um tempo assim em algumas das distâncias abaixo? 

eliud kipchoge parciais

Mulheres deram show com novas marcas

Não foi só Eliud Kipchoge que deixou sua pegada na história do atletismo. As corredoras imprimiram ritmos fortíssimos e atualizaram as marcas na Maratona de Berlim com tempos desprovidos de pouca folga entre cada colocação. A queniana Gladys Cherono foi campeã com 2h18min11s e é a nova recordista da prova. Ruti Aga e Tirunesh Dibaba, ambas da Etiópia, assumiram o segundo e terceiro lugares, respectivamente, com 2h18min34s e 2h18min55s. 

 

Leia mais

Recorde inesperado e mágoa com FHC: 20 anos da vitória de Ronaldo da Costa em Berlim

Entenda como funciona a conexão entre o cérebro e o intestino

Faixa elástica: 4 exercícios ótimos para corredores

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!