Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Estudo mostra que atletas têm mais facilidade em ignorar ruídos externos

Foto: Shutterstock

Um estudo conduzido por cientistas da Northwestern University indicou que praticantes de esportes possuem maior facilidade em abstrair ruídos externos se comparados com pessoas que não se exercitam regularmente. A habilidade é desenvolvida, aparentemente, pela necessidade dos atletas ignorarem as distrações ao seu redor, como gritos de torcida e música alta, para manter a concentração durante a execução de seus movimentos.

 

estímulo auditivo em atletas

 

A metodologia da pesquisa envolveu 470 atletas, homens e mulheres, que disputam a primeira divisão de diferentes modalidades esportivas universitárias. Foram posicionados eletrodos na região do couro cabeludo e, através de uma técnica chamada frequency-following response (FFR), foram avaliadas as reações do mesencéfalo dos atletas a estímulos auditivos. Os dados coletados foram comparados com os de 443 alunos da universidade que não praticam esportes.

 

Leia mais

Correr uma maratona ajuda a rejuvenescer as artérias, diz estudo

Ranking mostra as tendências fitness de 2020

Síndrome compartimental crônica, a lesão típica de corredores

 

Para cada indivíduo avaliado, foram levantadas três variáveis: a resposta a um teste auditivo, a resposta a um ruído externo e, por último, a média dos dados coletados previamente.

O estudo concluiu que os esportistas avaliados obtiveram resultados superiores nos testes auditivos, se comparados com os alunos inativos. Tal vantagem se deu, segundo os cientistas, pela melhor capacidade desses atletas em abstrair os ruídos externos. Como consequência, os sons nítidos são processados com maior eficiência.

A FFR vêm sendo usada para explorar as diferentes reações do cérebro a impulsos auditivos. Com base em estudos anteriores, a professora Nina Kraus – que liderou a pesquisa – concluiu que a frequente exposição a esses estímulos pode aumentar a amplitude das respostas cerebrais.

A pesquisadora da universidade americana acredita que os hábitos de vida dos atletas contribuem na melhoria do processamento dos estímulos sonoros. A manutenção de uma dieta saudável associada a exercícios físicos auxilia na conservação dos neurônios, aumentando a amplitude da resposta auditiva.

 

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!