Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Praticar exercícios aeróbicos aumenta produção de células cerebrais, diz estudo

Foto: Shutterstock

Um novo estudo realizado pela Mayo Clinic, instituição que tem entre seus focos pesquisas relacionadas à área de saúde, indicou que praticar exercícios aeróbicos pode aumentar a produção de células cerebrais, especialmente da massa cinzenta, área do sistema nervoso relacionado a habilidades cognitivas.

Os pesquisadores avaliaram 2013 adultos da Alemanha para o estudo e os acompanharam durante 15 anos – de 1997 a 2012. Neste intervalo, foram avaliadas diversas vezes a aptidão cardiorrespiratória enquanto os voluntários pedalavam em uma bicicleta ergométrica, além da captação de dados cerebrais por ressonância magnética.

Após as avaliações, os envolvidos constaram que a prática de exercícios cardiorrespiratórios pode contribuir para melhorar a saúde do cérebro, principalmente no aumento da massa cinzenta.

“Isso fornece evidências indiretas de que o exercício aeróbico pode ter um impacto positivo na função cognitiva, além do condicionamento físico. Outra característica importante do estudo é que esses resultados também se aplicam a adultos mais velhos. Há boas evidências de que possa haver efeitos positivos no cérebro durante toda a vida adulta”, afirma Ronald Petersen, neurologista da Mayo Clinic.

Segundo o médico, principal pesquisador do estudo, o aumento da massa cinzenta relacionado à prática de exercícios aeróbicos parece ser maior nas áreas cognitivas que são afetadas pela idade, incluindo algumas influenciadas pelo Mal de Alzheimer.

Apesar disso, os responsáveis pelo estudo afirmam que é prematuro concluir que há correlações entre o condicionamento cardiorrespiratório e o retardo de efeitos do Mal de Alzheimer

“Essa é outra peça do quebra-cabeça mostrando que atividade física e condicionamento físico são protetivos contra o declínio cognitivo relacionado à idade”, diz Michael Joyner, coautor do estudo.

 

Leia mais

Estudo mostra que atletas têm mais facilidade em ignorar ruídos externos

Brigid Kosgei confirma busca pelo bicampeonato na Maratona de Londres

Queniano quebra recorde mundial nos 10 km com pace de 2min38s/km

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!