Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Gordura abdominal pode estar associada à falta de vitamina D, aponta estudo

A importância da vitamina D para o corpo humano parece ganhar um novo capítulo. Além de ser o principal responsável pela saúde óssea, o nutriente também pode estar associado à gordurinha localizada na barriga.

O novo estudo publicado pela Universidade Medical Center e Leiden University Medical Center, ambas da Holanda, revelou que indivíduos com níveis mais elevados de gordura na barriga são mais propensos a terem níveis mais baixos de vitamina D. 

Os pesquisadores coletaram dados do estudo de Epidemiologia da obesidade da Holanda, incluindo homens e mulheres entre 45 e 65 anos. Em seguida, os investigadores levaram em consideração o consumo de álcool, tabagismo, doenças crônicas e níveis de atividades físicas dos pacientes.

 

Leia mais

Jovem bate recorde ao correr 1600m com malabares em menos de 5 min

10 passos para queimar gordura abdominal

Maratona de Boston de 2019 divulga data para inscrições

 

Depois de analisar a gordura total, o tecido adiposo subcutâneo abdominal (gordura da barriga), o tecido adiposo visceral (ao redor dos órgãos) e a gordura hepática (do fígado), a equipe concluiu que, entre as mulheres, a gordura abdominal teve o maior impacto na falta de vitamina D. A gordura total também foi associada a níveis mais baixos desse nutriente. 

Já nos homens, a gordura no abdômen e no fígado foram as mais relacionadas com a falta de vitamina D. Para Rachida Rafiq, líder do estudo, essa associação pode representar uma nova importância do nutriente para o corpo humano. 

De acordo com os pesquisadores, o próximo passo é descobrir o por que essa relação existe. “As ligações entre obesidade e deficiência de vitamina D estão se tornando cada vez mais robustas”, concluiu Rachida. 

Clube O2

Garanta sua jaqueta do Clube O2

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!