Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Organização cancela Maratona de Tóquio para amadores após novos casos de coronavírus

Foto: Divulgação

A epidemia de coronavírus fez mais uma vítima na corrida: a Maratona de Tóquio. A organização da prova anunciou o cancelamento da disputa para os atletas amadores – a prova, marcada para 1º de março, será disputada apenas pelos corredores da elite.

A decisão de não realizar a parte amadora do evento afeta aproximadamente 38 mil atletas que estavam inscritos na primeira major do ano e foi tomada após oito novos casos da doença serem confirmados na capital japonesa.

“Novos casos de coronavírus foram confirmados no Japão. Nós estivemos nos preparando para a Maratona de Tóquio 2020 e implementando medidas preventivas de segurança. No entanto, agora que casos de coronavírus foram confirmado em Tóquio, não podemos continuar com o evento na escala que prevíamos inicialmente e lamentamos informar que a Maratona de Tóquio 2020 será realizada apenas para os atletas de elite da maratona e de cadeira de rodas”, diz o comunicado da organização emitido nesta segunda-feira.

Segundo a nota divulgada pela prova, os atletas inscritos para o evento poderão transferir sua vaga no evento para a edição de 2021, mas terão que pagar novamente o custo da inscrição – não haverá restituição das inscrições feitas para a prova este ano.

Leia mais

Maratona de Hong Kong é cancelada por epidemia de coronavírus

COI revela percurso da maratona olímpica a 800 km de Tóquio

Campeões confirmam presença na Maratona de Tóquio 2020

As regras valem para todos os corredores inscritos para a maratona como atletas comuns, semi-elite e através da arrecadação de fundos para instituições de caridade, assim como quem disputaria a prova de 10 km do evento.

O Japão é o país com mais casos de pessoas infectadas pelo coronavírus fora da China – 513, sendo que 454 delas estão em um cruzeiro, isoladas do resto da população. No país que o surto começou, mais de 70.500 pessoas foram diagnosticadas com a doença, que já causou aproximadamente 1.700 mortes.

A Maratona de Tóquio não foi o primeiro evento de corrida afetado pela doença. Ainda nas primeiras semanas da epidemia, a Maratona de Hong Kong foi cancelada para impedir a aglomeração de pessoas e a possível distribuição do vírus.

 

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!