Receba nossa newsletter e fique por dentro do mundo do esporte!

PUBLICIDADE

Maratonista acusado de fraude é encontrado morto em rio de Los Angeles

Foto: Derek/Marathon Investigation

Atleta amador pivô de uma recente polêmica na Maratona de Los Angeles, o médico Frank Meza foi encontrado morto no rio Los Angeles. O fato ocorre apenas alguns dias depois do surgimento de um vídeo que o acusava de fraudar a prova na Califórnia.

Meza ganhou fama mundialmente por ter completado a Maratona de Los Angeles, em março, em 2h53min10s, aos 70 anos. Meses depois, foi acusado de fraude em um vídeo, que comprovaria que ele cortou caminho durante a competição – ele acabou desclassificado da prova.

Segundo sua mulher Tina, Meza estava chateado com as acusações de ter fraudado a Maratona de Los Angeles e por isso sai para correr. Horas depois, seu corpo foi encontrado no rio Los Angeles. A polícia local ainda não sabe o que causou a morte do médico.

No vídeo em questão, Meza aparece na Hollywood Boulevard vindo de uma rua que a cruzava, em vez de percorrer toda a via. O médico se defendeu dizendo que saiu da rua principal apenas para procurar um banheiro e ali retornava ao caminho usual.

Após o caso ganhar repercussão, outras pessoas acusaram Meza de ter cortado caminho em outras provas. Em uma foto, um homem com as mesmas roupas dele aparece andando de bicicleta ao lado da estrada durante uma prova de 42k km.

O médico, que havia vencido sua categoria de idade, foi desclassificado na Maratona de Los Angeles.

“A evidência de vídeo é confirmada por uma crível testemunha ocular, e nos nossos cálculos o tempo do Dr Meza por, pelo menos, um segmento de 5k teria sido mais rápido do que o recorde mundial dessa distância para a categoria de idade dele”, diz um comunicado emitido pela organização.

Leia mais

10 deslizes mais comuns entre corredores

Maratona em Tóquio 2020 começará às 6 horas por causa do calor

Polar anuncia relógio que avalia treino, sono e recuperação

Clube O2

Garanta sua jaqueta do Clube O2

excluir cat: nao, desativa sempre post: nao, ativa sempre post: nao
Compartilhe por email!